Tarefas domésticas

share on:

14/07/2017 – FIQUE POR DENTRO

É cada vez mais comum que as pessoas tenham um dia a dia atribulado, no qual é preciso conciliar as tarefas domésticas com as obrigações de trabalho, cuidar dos filhos e ainda ter uma vida social. Parece difícil dar conta de tudo, mas é possível ter controle de uma rotina cheia de tarefas.

Em média, se gasta 3 horas e 45 minutos por dia para deixar a casa em ordem. Porém, com um bom planejamento, esse tempo diminui bastante. Por isso, pense em um roteiro simples, mas bem elaborado. Confira algumas dicas:

• Coloque listas pela casa com os afazeres de cada um
• Arrume um pouco todos os dias
• Faça a faxina somente pesada uma vez por semana
• Doe ou jogue fora o que não tem utilidade para você
• Caixas para organizar são sempre uma boa ideia


Entrevista com a personal organizer, Bárbara Volnei. Ela fala sobre organização nas tarefas domésticas. Confira:

 



Pesca Sustentável realiza curso de contagem no Acre

O WWF-Brasil, por meio do projeto Pesca Sustentável, realizou um curso para aplicação do método de contagem de pirarucus em lagos do Acre com pescadores, ribeirinhos e indígenas do estado.

O evento aconteceu no Alto Rio Envira, próximo aos municípios de Feijó e Tarauacá, nos lagos Santa Júlia e Orácio. O objetivo foi atualizar e nivelar os conhecimentos sobre o assunto com os participantes e desenvolver maior habilidade para a contagem da espécie. Ao todo participaram cerca de 30 alunos entre monitores dos lagos, indígenas de Tarauacá e o grupo de manejo de pirarucu de Feijó.

Esse processo nos lagos do Acre começou em 2014 com a realização de atividades para trazer melhorias à pescaria.


Museu da Pessoa

Fundado em 1991, o Museu da Pessoa tem como objetivo constituir uma Rede Internacional de Histórias de Vida.

As narrativas, organizadas em uma base digital, serviriam para contribuir com a criação de diferentes perspectivas da nossa sociedade. Como programas nas áreas de memórias institucional, educação, comunicação e desenvolvimento comunitário, o Museu da Pessoa já realizou cerca de 250 projetos de memórias que visam multiplicar e democratizar sua metodologia; seu acervo conta com mais de 16 mil histórias de vida.

O Museu da Pessoa fica na Rua Natingui, 1100 na Vila Madalena, São Paulo. Mais informações: (11) 21-44-71-50.

Circunstâncias

Conta-se a história de um chefe de polícia que entendeu que era hora de melhorar o desempenho de seus delegados.

Cada delegado tinha que melhorar a mira e, portanto, passariam por requisitos mais rigorosos. O alvo seria afastado, e os delegados teriam de disparar 12 tiros em apenas 18 segundos.

Chegado o dia do teste, o primeiro delegado preparou-se para atirar. Por causa do nervosismo e do medo de errar, começou a suar e seus óculos começaram a embaçar e em vez de ver o alvo, só via um nevoeiro.

Foi aí que se lembrou do seu professor de escola que sempre dizia: “quando, por algum motivo, você perder a visão do alvo, lembre-se da sua posição.” Ele então manteve a posição e apertou o gatilho. Quando tirou os óculos, descobriu que tinha acertado todos os tiros na mosca!

Às vezes as circunstâncias nos fazem perder a mira do alvo, nossos objetivos. Não temos uma posição clara para onde estamos indo.

Se neste momento isso estiver ocorrendo, precisamos fazer como o delegado e lembrar-se da nossa posição. Como cristãos, estamos seguramente posicionados em Jesus Cristo.

Temos a escolha de abordar as oportunidades do dia com o otimismo que vem da fé. Quando fazemos isso, nada pode acontecer que nos faça perder a visão do nosso alvo. Posicionados em Cristo, não temos como errar!

Autoria Desconhecida