Suicídio

share on:

18/09/2018 – FIQUE POR DENTRO

No Brasil, há um suicídio a cada 45 minutos. No mundo, há uma tentativa a cada três segundos e um suicídio a cada 40 segundos. No total, chega-se a 1 milhão de suicídios no planeta. Provocar o fim da própria vida está entre as principais causas de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

Em um esforço para mudar esses números, a Organização Mundial da Saúde definiu que a data de 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Há quatro anos a Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com o Conselho Federal de Medicina, promove a campanha nacional Setembro Amarelo.

O presidente eleito da Associação Psiquiátrica da América Latina (Apal) e superintendente técnico da ABP, Antônio Geraldo da Silva, destacou a importância da campanha para prevenção e conscientização. Para ele, o caminho é adotar medidas preventivas de ajuda e auxílio.

Pelos dados da OMS, o suicídio é a terceira maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, e a sétima entre crianças de 10 a 14 anos de idade. Segundo Antônio Geraldo da Silva, em geral, a maior parte das pessoas que tenta colocar fim à própria vida sofre de algum tipo de transtorno mental.

O psiquiatra Jorge Jaber, especialista no tratamento de dependentes químicos, ressaltou que o uso de álcool e drogas é o segundo maior fator depois das doenças psiquiátricas, como ansiedade e depressão. De acordo com ele, o suicídio é a causa de morte mais facilmente evitável. O impedimento médico do suicídio pode ser atingido com remédios bem mais baratos e somente conversando com o paciente.

Fonte: O Estado de São Paulo


Entrevista com Christopher Marques. Ele é mestre em Teologia, cientista da religião, filósofo e autor do livro “Quando a vontade de viver vai embora”. Confira:

 

 


Será que você comprou um celular pirata?

Até 24 de março de 2019, a Agência Nacional de Telecomunicações terá encerrado sua cruzada contra os celulares piratas em funcionamento no Brasil. E se você não faz ideia se o seu aparelho é um desses, esta dica vai lhe explicar a situação rapidamente. Antes, entenda o contexto: a Anatel está desde maio deste ano bloqueando cerca de um milhão de celulares irregulares, segundo estimativa do próprio órgão. Esses aparelhos são impedidos de acessar a rede celular.

A ação começou com os DDDs 61, 62 e 64 (Goiás e Distrito Federal), vai continuar em setembro em nove estados (Acre, Rondônia, Tocantis, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do
Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro) e terminará em março de 2019 nos estados restantes das regiões Norte, Nordeste e Sudeste. Não sabe se é irregular? Eis a dica. O site da Anatel oferece uma pesquisa por IMEI para consultar sua situação e saber se há alguma irregularidade em seu celular.

Você pode achar o IMEI do celular na caixa do aparelho, em adesivo na parte de trás da bateria ou digitando, no discador do telefone, a sequência *#06#. Uma mensagem aparecerá com o número completo do IMEI. Para testar seu celular, entre em um computador com internet e acesse a URL anatel.gov.br/celularlegal.

Nele você fica sabendo mais detalhes sobre a iniciativa. Mas para o teste do IMEI apenas, clique em “Consulte sua situação”, e na página seguinte, em “Consulte aqui a situação do seu aparelho celular”. Neste último site, digite o número do IMEI e a sequência de caracteres aleatórios para verificar que você não é um robô de internet. Clique em “Consultar”. Se estiver tudo bem, ele dirá a seguinte mensagem: “Até o momento o IMEI informado não possui restrições de uso”.

A Anatel avisa que celulares que utilizam mais de um cartão de operadora possuem um IMEI para cada chip, sendo necessário verificar cada um. O bloqueio vale apenas para celulares irregulares novos. Ou seja, só atinge aqueles aparelhos que forem ativados a partir do momento em que as operadoras começarem a enviar avisos via mensagens de texto (SMS) sobre a ação, o que ocorre 75 dias antes das suspensões.

Fonte: UOL


Vitória Sobre A Morte

“Onde está, ó morte, a tua vitória? Primeira aos Coríntios 15.55

Hoje é o dia de vitória! Vitória da vida sobre a morte; da luz sobre as trevas; da esperança sobre o desespero; do amor sobre o ódio; da verdade sobre a mentira. Assim devem ser os nossos dias.

Devemos logo pela manhã orar a Deus e pedir que durante o dia todo ele esteja guardando as nossas mentes e nossos corações dos sentimentos de desânimo. O dia de hoje deve ser cheio de vitórias porque Deus preparou o nosso caminho desde antes da fundação do mundo. As suas misericórdias foram renovadas em nosso favor.

A nossa vitória é possível por causa de Jesus Cristo. Quando ele morreu na cruz do Calvário, parece que todo esperança foi perdida. Aquele que afirmou ser o pão da vida, estava agora morto. Todavia, alegremo-nos todos porque o Senhor Jesus não ficou retido pela morte. Ele, com a sua ressurreição matou a morte, venceu complemente o inimigo número um do ser humano.

Por causa disto, Cristo adquire o direito de ser a única esperança para uma humanidade cansada e oprimida pelas forças do mal. Através da ressurreição conquistou a vida, vida plena e abundante. Daí a pergunta do apóstolo Paulo: “Onde está, ó morte, a tua vitória? onde está ó morte, o teu aguilhão?” Sim, onde está você, ó morte, que tanto terror trás às vidas humanas?

Cristo, o nosso Senhor, está vivo e continua oferecendo vida para todas as pessoas que se aproximam dele. Se você está em Cristo e com Cristo, tenha a plena certeza de que também sobre a sua vida a morte não tem mais poder. Cristo é vida para você hoje. Cristo é única esperança de um futuro eterno a lado de Deus. Viva com Cristo!