Suicídio

share on:

11/05/2018

O suicídio aumentou gradativamente no Brasil entre 2000 e 2016: foi de 6.780 para 11.736, uma alta de 73% nesse período. As maiores taxas de crescimento foram registradas entre jovens e idosos, de acordo com o Ministério da Saúde.

No mundo, o suicídio acomete mais de 800 mil pessoas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). É a segunda causa de morte no planeta entre jovens de 15 a 29 anos — a primeira é a violência.

Já no Brasil, em 2015, o suicídio foi a 4ª causa de morte nessa mesma faixa etária, ficando atrás de violência e acidente de trânsito. No entanto, esse número tem apresentado uma pequena estabilização nos últimos dois anos, inclusive nesses grupos. É o que explica o sociólogo Julio Jacobo, responsável pela pesquisa Mapa da Violência no Brasil desde 1998.

Segundo ele, houve uma leve oscilação para baixo que ainda não pode ser considerada uma tendência de queda, pois é bem pouco significativa. Julio Jacobo ressalta que a incidência de suicídio entre a população brasileira passou de 4,1 em 100 mil habitantes no ano 2000 para 5,5 em 100 mil habitantes em 2016.

Existe exceção à regra. Nesse período, o suicídio aumentou drasticamente em três estados. Em Roraima, o indicador aumentou 11%, mais que o dobro da média nacional. Os outros dois Estados foram Piauí e o Rio Grande de Sul, que sempre foi líder nessa questão no Brasil. O sociólogo lembra que a região Sul do país foi povoada por europeus e incorporou a cultura do suicídio dentro da migração que sofreu.

De acordo com o Ministério da Saúde, o maior índice de suicídio está entre os homens (79%), mas a maior incidência de tentativa de suicídio está entre as mulheres.

O Brasil está entre os países que assinaram o Plano de Ação em Saúde Mental 2015-2020 lançado pela OMS/ÔPAS. Esse plano de ação foi desenvolvido para acompanhar o número anual de mortes em cada país e o desenvolvimento de programas de prevenção.

Fonte: R7

 


Entrevista com Adriana Rizzo, voluntária do CVV (Centro de Valorização da Vida). Confira:

 

Ibama muda regra de transporte de animais silvestres entre estados para evitar fraudes

O Ibama mudou a regra para o transporte de animais silvestres entre estados no Brasil.
Agora, animais vivos ou abatidos podem ser transportados mediante autorização de transporte e pagamento de boleto por meio do SISFauna, sistema de controle da fauna silvestre brasileira.
Se o sistema não funcionar, o Ibama orienta para que a autorização seja emitida em qualquer unidade do instituto.
A nova portaria foi publicada nesta semana no Diário Oficial da União e substitui a regra de 1997.
A norma anterior exigia apenas a apresentação de Nota Fiscal emitida pelo Ministério da Agricultura e do Abastecimento.
Segundo o instituto, no entanto, notas falsas eram utilizadas para regularizar animais retirados da natureza.

Fonte: G1

 

Figurinhas: Museu do Futebol recebe colecionadores

O Museu do Futebol, em São Paulo, recebe neste sábado (12/05), o Encontro de Colecionadores de Figurinhas.

O evento vai ocorrer na área externa, das 9H00 às 17H00.

No mesmo dia, também está na programação uma visita com educadores do Museu do Futebol ao Estádio do Pacaembu, patrimônio histórico e arquitetônico da capital paulista.

O passeio tem início às 11H00

O ponto de encontro será a Sala Grande Área.

Outras informações estão disponíveis no site museudofutebol.org.br.

Fonte: Museu do Futebol

 

A Fonte da Vida

Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida (Primeira carta de João 5.11).

A maioria dos aparelhos elétricos e eletrônicos precisa estar ligada a uma corrente de energia para funcionar. Esse exemplo tão simples nos adverte sobre uma das questões mais fundamentais da vida, que muitas vezes é esquecida ou simplesmente desprezada.

Como criaturas de Deus só poderemos viver plenamente se estivermos ligados à fonte da verdadeira vida, ou seja, só assim a existência terá significado e alegria. Assim como para um aparelho eletrônico só existe uma fonte adequada, para a vida plena também só existe uma: estar ligado à verdadeira Fonte da Vida.

Nessa busca pela fonte da vida muitos acabaram se perdendo em complicados labirintos. Na tentativa frustrada de preencher a vida de significado, alguns investem na ciência, na literatura, no teatro, nos esportes, na política e até, em nome da justiça, lutam pelas minorias desamparadas. Outros, menos afortunados, tornam-se escravos do álcool, do sexo, das drogas, do culto à adrenalina, da malhação e até do trabalho.

Jesus conhece as necessidades humanas de significado para a vida. Por isso Ele disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente. Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (Jo 10.10; 17.3).

As pessoas que encontraram a Fonte de Vida, Jesus Cristo, não têm mais dúvidas quanto ao significado e à razão para sua existência. O Senhor Jesus não só apresentou a verdadeira vida, , mas também a estendeu a você. A sua busca pelo significado da vida pode chegar à verdadeira e real felicidade ou continuar inútil, indefinidamente. Deus o chama, e lhe oferece o caminho para a vida. Agora depende de você dar os primeiros passos, denominados arrependimento e submissão a Jesus. Cabe a você decidir. Deus o abençoe e confirme sua decisão de obter vida abundante.