Revelação musical

share on:

24/10/2018 – FIQUE POR DENTRO

Plataformas que permitem a publicação de vídeos e áudios são o primeiro passo para novas vozes que procuram espaço para se lançar na música. Delas, vieram nomes que hoje fazem enorme sucesso em todo mundo. Com novos canais e mudanças na forma de consumo, mais talentos de diferentes lugares surgem a cada dia. Eles começam aos poucos.

Publicam vídeos caseiros com voz e violão de covers, ganham admiradores e resolvem divulgar também composições originais. É aí que viralizam, chegando a alcançar milhares — e até milhões — de seguidores em seus canais de divulgação. Mas não é só do YouTube que eles estão surgindo. Estão vindo de todos os lados: Facebook, Instagram, Soundcloud, por exemplo.

Após conquistarem o próprio público, muitos desses cantores conseguem aumentar consideravelmente o alcance quando migram para os serviços de streaming, como o Spotify e o Deezer, que sugerem aos usuários playlists de artistas promissores. Porém, para chegar a isso, é necessária uma visão profissional além do material gravado em casa.

Programas musicais também são excelentes maneiras de conhecermos artistas que estão começando ou que há muito tempo tentam dar o famoso pontapé na carreira. Os realities shows, que elegem as melhores vozes do Brasil, por meio de votação popular, mobilizam o país desde o início dos anos 2000. As principais emissoras de televisão investem até hoje nesse tipo de programa.

A igreja também é um celeiro de grandes músicos. Hoje, no Fique por Dentro, você vai conhecer um pouco mais sobre o trabalho do cantor e violeiro Vitor Quevedo, uma das revelações da música cristã brasileira.

Fontes: Correio Braziliense, msn.com e otvfoco.com.br


Entrevista com o cantor e violeiro Vitor Quevedo. Confira:

 


Brasil fecha 40 mil leitos em dez anos

Um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios aponta que em dez anos o Brasil perdeu 40 mil leitos. Sendo que 23 mil leitos hospitalares são da rede pública, o que representa seis vagas fechadas por dia. A redução atingiu principalmente a pediatria e a obstetrícia de hospitais públicos.

De acordo com o estudo, é importante destacar os diferentes comportamentos na comparação quantitativa separados em dois grupos: leitos SUS e não SUS. Enquanto o primeiro teve mais fechamentos que habilitações, o segundo grupo mostrou um aumento de 18 mil e trezentas unidades. Isso significa que os leitos públicos diminuíram mais drasticamente, o que leva ao resultado global de perda de unidades.

A taxa ideal de leitos é entre 2,5 e 3 leitos para cada mil habitantes, segundo Ministério da Saúde. A média nacional é de 2,1 leitos por mil habitantes.

Fonte: G1


Jesus através de você

“Ainda tenho outras ovelhas” (Jo 10.16).

Pelo fato de que Cristo exige dos seus seguidores uma postura de compromisso com ele e com o seu reino, são poucas as pessoas que têm tido a coragem de receber o desafio do comprometimento com seriedade e fidelidade.

Por causa disto, as pessoas que seguem a Cristo têm sido a minoria em muitos lugares. Somos a minoria no emprego, na escola, na família, na política, etc. Isto talvez nos leve a pensar no cristianismo como religião de fracassados.

O inimigo de Deus, o diabo, quer que assim pensemos. Todavia, a verdade é que neste último século Jesus Cristo tem se tornado conhecido em certas partes do mundo que nem temos ideia onde estão localizadas no mapa mundial.

Mais do que qualquer outro século, este em que estamos, tem se caracterizado pelo avanço do evangelho, principalmente na África, Ásia e América Latina.

Jesus, com o seu sangue, comprou para Deus gente de toda tribo, língua, povo e nação. Assim sendo, o desafio que fica para você é o do compromisso com o desejo de Deus de ver gente convertida ao seu nome. Você crê que isto é possível? Você crê que Jesus tem ainda pessoas que ele quer amar, resgatar e restaurar do estado de tristeza e depressão em que elas se encontram?

Para que isto se torne uma realidade, precisamos tão somente de duas coisas: santificação e ousadia. Pergunte para Deus como é que você pode ser útil para levar uma palavra de consolo, de amor e de amizade a alguém que está vivendo uma vida solitária e não tem como encontrar um ombro amigo para chorar.

Você pode ser o meio pelo qual Jesus chegará até a elas.