Problemas com chuva

share on:

30/01/2018 – FIQUE POR DENTRO

Um temporal que atingiu o município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, na semana passada, causou estragos e deixou ao menos 13 pessoas desalojadas na cidade. Nesta última semana São Paulo também amanheceu com dezenas de árvores caídas, carros arrastados pela enxurrada e semáforos com danificados.

O problema com chuva passou a ser algo comum na vida das populações de algumas cidades. Infelizmente, todo o ano é a mesma coisa: entre os meses de dezembro e fevereiro, os noticiários são tomados por problemas relacionados com a elevação dos cursos d´água e a inundação de casas e ruas, desencadeando uma série de tragédias que, quase sempre, poderia ser evitada.


Entrevista com o geólogo, Álvaro Rodrigues dos Santos. Ele fala sobre problemas com chuva. Confira:

 


Facebook reconhece que redes sociais influenciam na democracia

O facebook é a rede social mais usada no mundo além de influenciar na opinião de seus usuários. Para comprovar isso uma série de executivos da rede social assumiu isso na semana passada.

A diretora de políticas e governo de alcance global da empresa se posicionou no texto que abre a série. Na postagem “Mídias sociais e democracia” ela fala que a influência negativa das redes sociais em temas políticos e sociedades mundo afora ficou clara durante a última eleição presidencial nos Estados Unidos.

Além de assumir a influência negativa que a rede possui sob a democracia, a diretora também disse que a empresa está determinada a combater as influências negativas, para garantir que a plataforma seja “inquestionavelmente uma fonte para a boa democracia”.


Liberalismo

É uma doutrina político-econômica que surge, em sua essência, da vontade de limitação do Estado para a consequente ascensão da liberdade individual, dos direitos individuais, da igualdade perante a lei, da proteção à propriedade privada e do livre comércio. Essa vontade era intimamente ligada às lutas da burguesia na Inglaterra do século XVIII e é por isso que por muitas vezes o liberalismo foi e ainda é facilmente associado a essa classe social.

Para o liberalismo, portanto, o Estado Mínimo é necessário para que se possam garantir as pautas defendidas, que são variadas, conforme indicadas acima, e serão explicadas adiante. O mercado é considerado o grande provedor e regulador da sociedade na percepção dos liberais.

O liberalismo pode ser visto por 3 enfoques diferentes: o binômio liberalismo político e liberalismo econômico e o liberalismo como corrente de pensamento, que pode abranger os 2 primeiros ou não.


Os milagres e a normalidade da vida

Entendo que o Evangelho nos convida pra normalidade da vida, pois, todos os milagres que Jesus de Nazaré fez, devolveu à vida dos abençoados por Ele a volta ao normal.

Quem não enxergava, enxergou.
Quem não ouvia, ouviu.
Quem não falava, falou.
Quem não andava, andou.
Quem tinha uma das mãos encolhidas, recebeu a mão igual a outra, sã.
Quem só chorava, sorriu.
Que só sorria, chorou.
Quem andava encurvado, endireitou-se.
Quem era excluído porque era leproso, ficou limpo e incluído na vida.
Quem estava faminto, fartou-se.
Quem estava com sede, saciou-se.
Quem estava só, socializou-se.
Quem era sovina, mesquinho, ladrão, tornou-se generoso.
Quem era desumano, humanizou-se.
Quem era descrente, creu.

Enfim, todos os milagres devolveram as pessoas ao curso normal de suas vidas, e estes, incluíram a fé, a esperança, o amor, o perdão, o trabalho, o partilhar, a gratidão, o fazer o bem no seu dia a dia.

Passaram a viver com estas implicações que o Reino lhes trouxe.

Voltaram para seus afazeres e se tornaram melhores como seres humanos, claro, tornando melhor o que eram e o que faziam.

Pra mim isto é viver o curso da vida de maneira natural segundo o que o Evangelho nos devolveu de naturalidade em Cristo.

Por Carlos Bregantim