Osteoporose

share on:

19/10/2018 – FIQUE POR DENTRO

No mundo, uma em cada três mulheres e um em cada cinco homens acima dos 50 anos terão ossos partidos durante a osteoporose. É uma doença que deixa os ossos frágeis e porosos. À medida que vai progredindo com o avançar da idade, o risco de fraturas aumenta, especialmente no quadril, costela e colo do fêmur. A estrutura do nosso esqueleto vive em constante renovação. Ganhamos massa óssea até os 20 anos de idade e perdemos com maior velocidade depois dos 40. Dois tipos de células – os osteoclastos e os osteoblastos – estão envolvidos no ciclo de renovação dos ossos. Os osteoclastos promovem a absorção de minerais, eliminando áreas de tecido ósseo e criando umas cavidades.

Os osteoblastos, por sua vez, são encarregados de preencher essas cavidades, produzindo ossos novos. Para isso, usam o cálcio, absorvido com a ajuda da vitamina D. Assim, a cada três meses 10% do esqueleto se renova. A primeira etapa da degeneração óssea, chamada osteopenia, tem início com o desequilíbrio entre as células de absorção e de regeneração. Ou sejam os osteoclastos passam a agir mais rapidamente, degradando o osso com maior velocidade do que os osteoblastos são capazes de repor.

Nas mulheres, esse desequilíbrio desponta a partir dos 35 anos de idade. As mudanças hormonais que acompanham a menopausa interferem de forma decisiva na perda e ganho de massa óssea. Isso porque há uma queda acentuada do estrogênio, hormônio importante na fixação do cálcio no osso. Nesse caso, a doença é classificada como osteoporose pós-menopáusica.

Nos homens, o esqueleto se mantém quase intacto até os 40 anos. Até porque a testosterona barra o desgaste ósseo – e, ao contrário da ala feminina, suas taxas diminuem de pouco em pouco. Entre eles, as fraturas osteoporóticas costumam ocorrer após os 70 anos, embora venha aumentando nos últimos anos o risco de quebrarem um osso já a partir dos 50.

Há ainda a osteoporose secundária – quando a perda de massa óssea tem a ver com outras doenças. Exemplos: problemas renais ou endócrinos, ou com o uso de certos medicamentos. O tabagismo é outra ameaça, porque o cigarro destrói as células que formam osso. Agora, a verdade é que os principais desencadeadores do problema são carência de cálcio e vitamina D, sedentarismo e predisposição genética.

A osteoporose é silenciosa e não apresenta sintomas. Em geral, o problema só é detectado em estado avançado, com a deformação de ossos que provoca dor crônica ou quando aparece uma fratura. Entre os fatores de risco estão: predisposição genética, envelhecimento e dieta pobre em cálcio.

Fonte: saude.abril.com.br e iofbonehealth.org


Entrevista com a médica Marise Lazaretti Castro. Ela é endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo. Confira:

 


Quarta edição da Bienal do Graffiti reúne artistas do mundo inteiro em São Paulo

O Memorial da América Latina, em São Paulo, se transformou em um importante reduto de arte urbana. Cerca de 80 artistas do mundo inteiro apresentam seus trabalhos na quarta edição da Bienal do Graffiti. E o melhor: a entrada é gratuita.

Além de formarem uma galeria a céu aberto, os murais ocupam a Galeria Marta Traba e parte da biblioteca da instituição. Priorizando diferentes estilos e técnicas, o evento aposta em mega formatos. Os maiores murais têm até quatro metros de largura por três de altura.

O encantamento com as obras é parte do evento. Até o dia 28 de outubro, os visitantes também podem aproveitar outras atividades de entretenimento, como um lounge, um pátio multifuncional, uma mostra de vídeos educativos, mesas de diálogo, oficinas e performances.

Com curadoria de Binho Ribeiro, um dos precursores da street art no Brasil e idealizador do Museu Aberto de Arte Urbana, a edição deste ano bateu o recorde na participação de mulheres: são 20 ao todo. Alguns destaques ficam para as obras de Ananda Nahu (Bahia), Grazie Gra (São Paulo) e Antisa (Chile).

Uma novidade da quarta edição da Bienal do Graffiti é a tecnologia. Pela primeira vez o evento fornece QR codes com o perfil do Instagram de cada artista, permitindo uma aproximação com o público.

O Memorial da América Latina fica na Avenida Auro Soares de Moura Andrade, na Barra Funda, em São Paulo. A Bienal do Graffiti pode ser conferida todos os dias até 28 de outubro, das 9 da manhã às 6 da tarde.


Carne x Espírito

Infelizmente já são populares na TV, programas em que um determinado número de pessoas fica confinado em um local tendo que competir o tempo todo. Nesses tipos de shows reais, os mais fracos, tímidos e indecisos são eliminados. A vitória é de quem sabe jogar melhor.

Programas como esses põe em destaque a verdadeira natureza humana. Natureza chamada na Bíblia de “carne”. Na Bíblia a natureza humana está em permanente oposição à direção do Espírito Santo.O estilo de vida caracterizado pela natureza humana ou pela carne é orientado pelo egoísmo, que leva a pessoa a servir exclusiva e unicamente a si mesmo. Tudo gira em torno do benefício próprio. Ao contrário, aqueles que são guiados pelo Espírito Santo são obedientes à direção do amor, colocando-se a serviço de Deus e dos outros.

As obras da carne pervertem o amor tornando-o impureza sexual. A relação com Deus é substituída pela idolatria de alguém ou de si mesmo. Qualquer relacionamento caracteriza-se pelo conflito exigindo a submissão da outra parte. Ser moderado para comer e beber é substituído por excessos prejudiciais.

Por outro lado, o fruto, ou seja, o resultado de quem é guiado pelo Espírito é visto no amor que se desenvolve por meio da fé, na mansidão e no domínio próprio que se manifestam através da alegria e paz. É visto no amor que é ativo na relação com o outro, é visível na paciência, na bondade e na benignidade.

A televisão tem conseguido altos índices de audiência promovendo e estimulando competições onde a rivalidade, o sexo, a inveja, o ciúme, o clima tenso, as brigas e intrigas, são elementos que devem ser habilidosamente manipulados pelo melhor jogador. Em busca do “mundo inteiro” como prêmio, alguns perdem a alma.
A excelente notícia, não divulgada nem promovida pela mídia é que através de Jesus é possível viver um estilo de vida diferente e melhor. Que Deus o ajude a escolher corretamente.