Musicais

share on:

05/07/2018

O musical é uma expressão artística do teatro, que se estende ao cinema e à televisão. A base da estrutura cênica dos musicais é uma narrativa apoiada em composições que irão acompanhar o diálogo, ser o próprio diálogo, e/ou integrar os números coreográficos do espetáculo. Na apresentação de um musical há uma banda, orquestra ou efeitos sonoros que servem de suporte.

Os musicais que conhecemos hoje que são apresentados na Broadway, nos cinemas e nas mais variadas casas de espetáculos foram influenciados pela comédia musical. É um tipo de peça musicada que surgiu na Inglaterra no fim do século XIX e que, em seguida, fez sucesso nos Estados Unidos no início do século XX. A comédia musical se caracteriza por enfatizar a narrativa dramática, interligando a fala e o canto.

Uma montagem de musical tende a ser mais cara que outras produções teatrais por conta do número de profissionais envolvidos em cena e fora dela também.

Os ensaios precisam ocorrer simultaneamente em espaços diferentes para que o processo de montagem de coreografias, de músicas e de cenas com diálogos não sejam interrompidos, e que em determinado momento, próximo à estreia, a direção de cada linguagem artística se encontre com o diretor geral, frente ao elenco, para então o espetáculo começar a tomar o corpo final.

Fontes: infoescola.com

 

Entrevista com o ministério Eduardo e Silvana. Confira:

 

Brasileiros desenvolvem curativo à base de abacaxi que facilita cicatrização

A associação de uma proteína do abacaxi com celulose produzida por bactérias resultou em um curativo eficiente como anti-inflamatório cicatrizante de ferimentos, ulcerações e queimaduras. É o que mostra um trabalho de pesquisadores das universidades de Sorocaba e Unicamp, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Eles produziram um composto na forma de gel ou emplastro que tem como base a proteína do abacaxi, chamada de bromelina, e a celulose bacteriana. Os dois elementos já vinham sendo estudados há tempos para aplicações nas áreas médica, farmacêutica e cosmética.

Para realizar os testes, as membranas de nanocelulose bacteriana foram mergulhadas por 24 horas em uma solução de bromelina. Os pesquisadores observaram que, 30 minutos após ela ser incorporada à celulose, houve maior liberação e aumento de 9 vezes na atividade antimicrobiana da membrana.
O novo curativo já passou a pela primeira fase de desenvolvimento de um remédio, que é feito em laboratório, para verificar se tem o efeito desejado e não é tóxico. Agora, virá a fase 2, que são os testes com animais.

Os trabalhos estão sendo feitos no novo laboratório da Uniso. Além do curativo, as novas instalações servirão para testes, produção e purificação de biomoléculas de interesse em diversos segmentos industriais, como ambiental, alimentício e farmacêutico.

Fonte: BBC Brasil

 

Conhecer para adorar

Nós adoramos o que conhecemos.

O Pai continua procurando os verdadeiros adoradores, aqueles que o adoram de todo seu coração, de toda sua alma, de todo seu entendimento e de toda sua força, conforme o evangelho de Marcos12.30.

A verdadeira adoração que o Senhor espera receber, é aquela que traz transformação, mudança, que impulsiona para uma maior obediência e fé.

Cantar, orar, louvar, tudo isso pode conduzir à adoração, mas ela é mais do que qualquer desses atos. É preciso que todo o coração, seja guiado pelo Espírito Santo.

Os olhos do Senhor estão sempre atentos sobre nós . Ele procura ver em nós, a fé e a mais genuína adoração, mesmo que estejamos em meio à maior adversidade. Quando isso acontece, Deus exalta a nossa fé e seu nome é glorificado. Isto é adoração.

Oferecer continuamente ao Senhor vivo o que temos de mais precioso: toda a nossa vida, tudo o que somos, tudo o que temos, tudo o que seremos.

Quem é de Deus, ouve as palavras de Deus, conhece ao Senhor Jesus e é conhecido por ele. Nós adoramos a Deus porque o conhecemos. Como adorá-lo se não temos intimidade com ele?

Como Paulo, devemos também fé, considerar tudo como perda, como refugo, por causa da excelência do conhecimento de Cristo Jesus.