Mãe de primeira viagem

share on:

27/06/2018

Um filho não vem com manual de instruções. É no dia a dia, errando e acertando, que uma mulher aprende a ser mãe. Apesar disso, alguns conselhos podem ajudá-la a viver a maternidade com mais leveza e menos cobranças!

É normal ter medo. Uma situação nova quase sempre gera dúvidas e insegurança. No começo, você pode ter receio de ficar sozinha com o bebê, de trocá-lo ou dar banho, assustar-se quando ele chora sem parar… Mas as coisas vão se ajeitando com o tempo. O mais importante é respeitar o que você está sentindo e se lembrar de que faz tudo o que pode para ver seu pequeno ou pequena feliz!

Amamentação. Algumas medidas podem ser adotadas na tentativa de vencer os obstáculos do aleitamento materno. Mesmo assim, nem sempre é possível prosseguir com a amamentação. Se esse é o seu caso e você já fez tudo o que estava ao seu alcance, mas não deu certo, não se culpe! Não dar o peito e precisar recorrer à mamadeira não define o amor e o vínculo que você estabelece com o seu filho.

Não leve os palpites tão a sério. É claro que ouvir a opinião da mãe, da sogra, das tias e de pessoas próximas que já tiveram filhos ajuda, mas é muito importante tomar cuidado e filtrar o que elas dizem. Guarde somente os conselhos construtivos, que você acha que têm fundamento.

Evite comparações. “Mas a fulana voltou tão rápido ao corpo que tinha antes de engravidar”, “esse bebê é tão calminho, quase não chora”. Pensamentos assim não vão acrescentar em nada porque cada um é único! Além disso, nem sempre o que é mostrado nas redes sociais é verdade. Concentre-se em fazer o melhor que você pode para o seu filho, respeite o seu tempo e o dele e esqueça as comparações.

A maternidade traz uma força incrível para as mulheres! Não há o que temer: diante dos momentos difíceis – de choro, cólica, dores ou noites mal dormidas – você descobrirá que tem muita coragem para zelar pelo seu filho.

Fontes: https://bebe.abril.com.br

 

Entrevista com Renata Burjato, jornalista, locutora na RTM e mãe de primeira viagem. Confira:

 

Deputados discutem mudança na lei de agrotóxicos

O debate a respeito de uma nova lei de agrotóxicos na Câmara dos Deputados expõe o crescente racha entre ambientalistas e ruralistas. Para uns, a Câmara debate um “pacote do veneno”, para outros, o país está diante da “Lei do Alimento Mais Seguro”.

A discussão na Câmara se dá em torno de quem pode autorizar o uso de agrotóxicos no Brasil. Atualmente, o Ministério da Agricultura é responsável por registrar esses produtos, mas apenas se tiver o aval da Anvisa, que avalia os efeitos tóxicos sobre a saúde humana, e do Ibama, responsável por verificar o risco ambiental.

Pelo projeto de lei de autoria do então senador e atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi, junto com outros 29 textos apensados a ele, o Ministério da Agricultura deveria passar a avalizar sozinho o registro dos agrotóxicos. A proposta está em debate em uma comissão especial da Casa.

O relator do projeto, deputado Luiz Nishimori, que é favorável ao PL, apresentou na semana passada parecer no qual afirma que Anvisa e Ibama devem apenas “analisar e, quando couber, homologar os pareceres técnicos apresentados nos pleitos de registro”.

A oposição tem conseguido adiar a votação com manobras regimentais, mas provavelmente será derrotada caso o texto seja votado. Novas reuniões do colegiado estão marcadas para esta semana. Se o projeto for aprovado, segue para o plenário da Câmara.

Fonte: UOL

 

Nasci de novo. E agora?

Reconheça que o êxito na vida cristã depende de sua disposição de não medir esforços para viver por Cristo. “…esquecendo- me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” Filipenses 3.13 e 14.

Leia a Bíblia num horário definido a cada dia. Permita que as palavras ali registradas penetrem o seu coração e mente.

Ore todos os dias, com total humildade e submissão à vontade de Deus. “Não se preocupem com nada; sempre que orarem, contem a Deus cada detalhe de suas necessidades em oração de gratidão”. Ore num horário determinado a cada dia. Seja específico nas orações. Esforce-se para levar outros ao conhecimento de Cristo. Todo cristão deve ser: a luz do mundo, o sal da terra e um pregador da Palavra.

Evite maus companheiros. “As más companhias corrompem os bons costumes” Seja aquele que “rejeita os conselhos dos maus, não segue o exemplo dos pecadores, e não anda com os que zombam de Deus”.

Na presença de nossos amigos sejamos autênticos e condizentes com a nossa fé em Cristo. Eles se sentirão atraídos ao Salvador ou não mais desejarão nossa companhia. Seja fiel na comunhão com a Igreja.

Lembre-se de que as reuniões da Igreja irão ajudá-lo, pois ali há comunhão entre pessoas da mesma fé.

A jornada de quem nasceu de novo é longa. A verdade é que agora você é um discípulo, ou uma discípula de Jesus Cristo. Lembre-se de que ele sempre estará com você!