Influenza

share on:

03/05/2018

A campanha de vacinação contra a gripe que começou no dia 22 de abril atendeu 4 milhões e 700 mil brasileiros considerados prioritários para receber o imunizante, como idosos e gestantes. O número representa 8,6% do total. Segundo o Ministério da Saúde, o Estado com maior cobertura vacinal é Goiás, com 53,85%, em seguida aparecem Rio Grande do Sul (21%); Paraná (16%) e Ceará (15%). As piores coberturas estão no Acre (0,06%), Roraima (0,26%), Rondônia (0,5%) e Piauí (0,57%). A meta inicial é vacinar 54 milhões e 400 mil pessoas até o 1° de junho, quando termina o período de campanha na rede pública de saúde.

Diferente de outras imunizações, a vacina contra a gripe é sazonal. Ela não está disponível nos postos de saúde o ano inteiro e há um período específico que deve ser tomada. Todos os anos, o Ministério da Saúde começa a campanha geralmente um pouco antes do inverno, quando há maior circulação do influenza, o vírus causador da gripe. O governo irá realizar o dia D da campanha em 12 de maio, um sábado. Estarão abertos 665 mil postos de vacinação em todo o país.

Fonte: G1

 

Entrevista com o infectologista Renato Kfouri. Ele é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, a SBIm. Confira:

 

EUA e Europa querem trazer rochas de Marte para investigar histórico de vida

Agências espaciais dos Estados Unidos e de países europeus estão se juntando para realizar, no futuro, uma missão que poderá trazer para a Terra amostras de pedras e do solo de Marte.

A Nasa (agência espacial americana) e a ESA (agência espacial europeia) assinaram uma carta de intenções que pode levar à primeira viagem de ida e volta ao planeta vermelho.

O plano foi anunciado em uma reunião na capital da Alemanha, Berlim, onde foram debatidos objetivos e a viabilidade da missão.

A empreitada espacial poderá colocar os cientistas mais perto de respostas-chave sobre o passado de Marte.

Entre as respostas mais visadas está a questão sobre se, um dia, o planeta vermelho já abrigou vida.

Fontes: UOL

 

Saúde Espiritual

“Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.” Efésios 6.10

É prudente e saudável nos alimentarmos com comidas que nos proporcionam saúde física e mental. Alguns recorrem a suplementos e vitaminas para combater possíveis anomalias e fortalecimentos de órgãos vitais para uma saúde mais completa e resistente.

O apóstolo Paulo, na carta aos Efésios está falando de uma saúde espiritual, isto é, saúde para ficarmos firmes contra as armadilhas do Diabo. Está nos mostrando em comparações que há necessidade de uma armadura, como aquela dos tempos antigos quando soldados romanos iam para as batalhas.

Uma armadura de Deus para resistirmos às lutas. Armas adequadas para vencermos o inimigo. São armas não para conquistarmos mais “terreno”, são armas dadas por Deus para permanecermos firmes no “terreno” já conquistado.

Se uma destas armas ou peças da armadura estiver faltando, podemos estar certos: O ataque do inimigo se concentrará exatamente ali. O inimigo vai atacar no nosso ponto fraco. É estratégia de guerra.

Em junho de 1944, na segunda guerra mundial, aconteceu a vitória dos aliados sobre a Alemanha, porque havia um ponto fraco no território alemão. Na Normandia o litoral do Canal da Mancha não mereceu atenção por parte dos alemães.

Este ponto geográfico foi usado pelos aliados no chamado “Dia D” para invasão e penetração das tropas. Deste acontecimento foi possível a vitória final e esperada pelo mundo aliado.

Devemos conhecer nossos inimigos pois são poderosos. As forças do mal já estão derrotadas mas podem nos causar danos.

A cruz e a ressurreição de Cristo são a ruína do Diabo. Na segunda vinda de Cristo a derrota de Satanás se dará por completa. Enquanto isso o cristão experimenta a paz da cruz entre lutas espirituais.

Jesus nos oferece um poder tamanho e igual ao que o ressuscitou entre os mortos. Não somos encorajados a enfrentar as forças malignas das trevas com nossas próprias forças mas, na força que ressuscitou Jesus.

Que armas são essas?

1. Cinturão da Verdade. É a verdade de Deus, é absoluta e nunca relativa. Jesus é a verdade.
2. Couraça da Justiça. Somos protegidos pela justiça de Cristo, o que nos dá condição de permanecermos firmes diante das acusações do Diabo.
3. Calçados do Evangelho da Paz. Não confie em si mesmo, confie no Evangelho.
4. Escudo da Fé. Fé de Deus, que nos protege e apaga as flechas incendiarias do inimigo.
5. Capacete da Salvação. O Capacete protege a cabeça. Cristo é o cabeça do ser humano e da Igreja.
6. Espada do Espírito. A Palavra de Deus. A única arma ofensiva, usada para ataque. Nesta arma se encontra o poder do Espírito Santo.

Sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Lembre-se: a armadura é necessária e o inimigo não deve ser desprezado.
Com oração e súplica, vigiando com toda a perseverança por todos os santos, tornaremos conhecido o mistério do Evangelho.
Saúde Espiritual é o que Deus quer para todos nós

Por: Pr. Paulo Cirelli