Impostos nos refrigerantes

share on:

12/07/2017 – FIQUE POR DENTRO

Organizações não governamentais e o conselho nacional de saúde iniciaram semana passada um movimento para aumentar impostos de um dos produtos associados com a escalada da obesidade no país: os refrigerantes.

Em outubro, a organização mundial da saúde recomendou um aumento de vinte por cento do preço dos refrigerantes. A sugestão reforça o plano da organização pan-americana de saúde, de 2014, sugerindo o aumento dos tributos desses produtos. A estratégia segue o princípio da política de redução do consumo do cigarro: o aumento dos impostos provocaria a elevação do preço dos refrigerantes e, com isso, a queda do consumo.

Refrigerantes diet não entram nessa discussão. A proposta é de elevação apenas de bebidas açucaradas.


Entrevista com a nutricionista, Andrezza Botelho. Ela fala sobre refrigerante. Confira:

 

Proteína vegetal reduz o risco de menopausa precoce

De acordo com um novo estudo da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, mulheres que comem tofu, soja e outros alimentos ricos em proteína vegetal podem ter o risco de menopausa precoce reduzido em até 60%. Quando surge antes dos 45 anos de idade, a menopausa pode elevar os riscos de doenças cardíacas, osteoporose e Alzheimer precoces.

Até então, especialistas acreditavam que a menopausa precoce devia-se a uma peculiaridade genética inevitável para algumas mulheres, particularmente aquelas que também tiveram puberdade precoce quando mais novas. No entanto, o novo estudo sugere que o risco de atingir a menopausa mais cedo pode ser reduzido a partir de uma dieta rica em proteína vegetal.

Segundo os pesquisadores, as causas da menopausa precoce ainda não são amplamente compreendidas e, na maioria dos casos, os diagnósticos não os atribuem aos genes ou a auto imunidade. O estudo apontou que pessoas vegetarianas são mais propensas a comer essa quantidade elevada de proteínas vegetais. No entanto, é possível se adaptar a esse nível, mesmo consumindo alimentos de origem animal.

Os especialistas acreditam que a proteína vegetal, que é diferente da de origem animal, protege os ovários, reduzindo o esgotamento dos folículos, que são peça-chave para o processo reprodutivo. Eles ainda não sabem como isso funciona, mas esperam ser possível desenvolver formas de prevenção assim que surgirem mais estudos sobre o assunto.

Grupo dos 20

Nesta semana começou a reunião da cúpula do G20, um grupo formado por 20 países com as mais expressivas economias do mundo, que juntos debatem os caminhos para manter estável a economia do planeta. Estimativas apontam que se somados os países membros do G20, eles são responsáveis por aproximadamente 90 por cento do PIB mundial, 80 por cento do comércio internacional e cerca de 65 por cento da população do planeta.

Com reuniões que acontecem todo ano, o G20 tem como objetivo aproximar países com economias desenvolvidas ou em desenvolvimento, para que juntos cheguem a soluções que estabilizem o mercado financeiro mundial, além de incentivar negociações econômicas internacionais.

Entre os países que compõem o G20 estão àqueles considerados as principais economias do mundo, que também formam o grupo do G8. Esses países são: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido e Rússia. Os outros países que também formam o grupo, os considerados emergentes ou em desenvolvimento são: Brasil, China, Argentina, México, Índia, Austrália, Indonésia, Arábia Saudita, África do Sul, Coreia do Sul e Turquia.

Tenha Sempre Um “Plano B”

Tempos atrás um de meus amigos empresários contratou um grande provedor de software para instalar um novo sistema em sua empresa. Baseado nas promessas do vendedor, seu porte e história, meu amigo recebeu a garantia de que, com um investimento de US$ 250 mil e seis meses de implementação, sua empresa operaria com mais eficiência.

Como meu amigo é experiente e sábio para saber que imprevistos podem acontecer – e acontecem com frequência! – sobretudo, ao operar sistemas novos, em lugar de presumir que tudo se processaria suavemente e sem embaraços, ele se preparou para o pior. Não que estivesse sendo pessimista, mas sim realista, como afirma a Lei de Murphy: “Se alguma coisa pode dar errado, dará errado”.

Meses depois ele descobriu que o cronograma de seis meses não seria cumprido. O vendedor teve que admitir que estavam no mínimo a um ano de uma implementação razoável. Como ele tinha optado, como “Plano B”, continuar operando com o sistema existente, até que o novo provasse ser tão eficiente quanto lhe fora prometido, uma crise potencial foi evitada, porque ele tinha um plano contingencial.

No caso do amigo empresário, o “inesperado” foi que o vendedor prometeu algo que ele poderia cumprir. Mesmo que a garantia fosse razoável, sempre havia a possibilidade de algum obstáculo interferir no prazo.

A Bíblia aconselha cuidado ao planejar e preparar-se para o futuro. Provérbios 14:15 ensina: “A pessoa simples acredita em tudo, mas quem tem juízo está sempre prevenido”.

Outra passagem também se refere à importância de antecipar mudanças súbitas: “Não construa a sua casa, nem forme o seu lar até que as suas plantações estejam prontas e você esteja certo de que pode ganhar a vida” (Provérbios 24:27). Em outras palavras, assegure-se de ter provisões a longo prazo, seja para sua empresa ou para seu lar, e depois se concentre em prioridades menores.

Ter um “Plano B” pode impedir que as coisas andem para trás desnecessariamente.

 

Por: Rick Boxx (adaptado)