Dia Mundial do Braille

share on:

04/01/2016

Os pontos em relevo, atualmente tão comuns em embalagens de medicamentos, cosméticos e alimentos, em cartões de visita e em cardápios, representam uma das grandes invenções humanas, o sistema braile.

O sistema braile foi criado em 1825 pelo jovem francês Louis Braille, nascido em 4 de janeiro de 1809. É um código universal que permite às pessoas cegas beneficiar-se da escrita e da leitura, dando-lhes acesso ao conhecimento, favorecendo sua inclusão na sociedade e o pleno exercício da cidadania.

O jovem cego José Álvares de Azevedo, nascido em 8 de abril de 1834, trouxe o sistema para o Brasil, primeiro país da América Latina a adotá-lo, em 1850.

Para conhecer mais do sistema braile acesse: WWW.ADEVA.ORG.BR.

Com a coordenadora de revisão braille da Fundação Dorina, Regina Oliveira. Ela fala sobre o sistema braille

Lidando Com a Vida Com Realismo

A vida é difícil. Isto é um fato básico e quanto mais cedo aceitarmos e apreciarmos esta realidade, melhor. Assim seremos mais felizes. Deixe-me explicar.

Se sabemos que a vida é dura, que é inevitável enfrentar diversos tipos de provações e situações difíceis, podemos começar a encarar a vida como uma série de problemas a serem solucionados. Podemos enfrentar cada dia sabendo que teremos oportunidade de abordar situações problemáticas, resolver questões e lidar com circunstâncias difíceis. Cada vez que resolvemos um problema, podemos nos sentir vitoriosos. Quanto mais vitórias contabilizarmos mais felizes seremos. Felicidade aparentemente está de alguma forma relacionada com vitória.

Por outro lado, se pensamos que a vida deveria ser um cruzeiro de lazer, uma jornada suave da barriga ao túmulo, cada problema que enfrentamos será percebido como uma interrupção, uma ruptura da nossa feliz vida. O acúmulo dessas interrupções nos torna amargurados e insatisfeitos com as circunstâncias.

Uma das principais razões para que eu me tornasse um empreendedor foi o fato de gostar de resolver problemas. Quando você tem seu próprio negócio a vida é uma série contínua de problemas a serem solucionados. Talvez algumas pessoas fracassem como empreendedores, porque ao invés de encontrar motivação ao serem desafiadas a resolver problemas, escolhem encará-los como rupturas e obstáculos aborrecidos que impedem a realização de seus sonhos.

Descobri essa verdade em meu negócio fotográfico, especialmente com restauração de fotos velhas ou danificadas. Este trabalho pode ser extremamente desafiador, exigindo que eu use toda a criatividade, engenho e cada recurso tecnológico que possa reunir. Entretanto, em lugar de me tornar desanimado pela dificuldade, vejo-a como oportunidade de aprender, aplicar anos de experiência e proporcionar alegria aos meus clientes quando recebem fotos queridas que fui capaz de restaurar.

Isso se aplica a qualquer empreendimento. Sua vida pode ser plena e compensadora, até mesmo vitoriosa, quando você encara cada dia como se ele trouxesse algo diferente, acompanhado de novos desafios e questões que você irá confrontar.

A Bíblia nos fala honestamente sobre as lutas da vida. Ela diz: “…Nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou o Seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que Ele nos concedeu” (Romanos 5.3-5).

Ela ainda afirma: “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma” (Tiago 1.2-4).

Sim, é verdade, a vida é difícil. Mas também, é verdade, que a vida é boa.

Por Jim Mathis

Aumentam casos de overdose

O uso de drogas ilegais e o abuso de medicamentos faz vítimas todos os anos no Brasil e no mundo. Somente de 2010 para 2014, segundo os últimos dados divulgados pelo Sistema Nacional de Estatísticas Vitais, que acompanha a causa de morte através de atestados de óbitos nos Estados Unidos, houve um aumento de 23% em casos de mortes por overdose de medicamentos e drogas.

Entre as principais, estão os chamados opioides, que inclui, além da heroína, analgésicos como morfina, metadona e fentanila. Eles atuam no sistema nervoso e geralmente são indicados para o alívio da dor. Seu uso indevido, porém, pode causar dependência física e sintomas de abstinência. E ainda os estimulantes como a cocaína e a metanfetamina.

No Brasil, faltam dados sobre o número de mortes causadas por abuso de drogas ou medicamentos.

Série: Manifestações no Brasil – Revolta da Catraca

 Nas últimas semanas focamos em famosos protestos marcados por lutas do povo brasileiro. Hoje, a Marcha dos 100 mil

Em 22 de junho de 2004, o Conselho Municipal de Transportes de Florianópolis aprovou o aumento em 15,6 por cento da tarifa do precário transporte público da cidade. Foi a gota d’água de uma insatisfação que começara ainda em 1996, quando a prefeitura apresentou o projeto de implementação do Sistema Integrado de Transportes. O serviço foi oferecido à iniciativa privada, com financiamento superior a 8 milhões.

Concluído em 2003, foi alvo de críticas: percursos ficaram mais demorados, baldeações desnecessárias foram implementadas. Entre os dias 28 de junho e 8 de julho, o povo foi às ruas em manifestações marcadas pelo fechamento de pontes que ligam a ilha à parte continental da cidade, impedindo o trânsito na principal via de acesso aos bairros e municípios da grande Florianópolis. Em 2005, um novo aumento desencadeou novas manifestações, mais duramente repreendidas pela polícia.