Frituras

share on:

20/04/2017 – FIQUE POR DENTRO

Um hambúrguer apetitoso acompanhado de batata frita, um salgadinho de festa daqueles irresistíveis ou até mesmo a praticidade de um bife na frigideira pode se tornar um fator de risco à sua saúde ao longo dos anos.

O excesso de fritura na alimentação aumenta a chance do surgimento de doenças cardiovasculares, pois quando o óleo é submetido a altas temperaturas, transforma-se em uma gordura maléfica para a saúde, entupindo as artérias e causando sérios danos.

De acordo com a oxidologia Anna Bordini, para garantir a longevidade e qualidade de vida é necessário evitar ao máximo consumir frituras.


Entrevista com a nutricionista Danielle Andrade, ela fala sobre os malefícios da fritura em excesso.

 

Cientistas descobrem a maior pegada de dinossauro do mundo

Medindo 1 metro e 75 centímetros, a pegada de dinossauro foi descoberta no noroeste da Austrália.

De acordo com o canal de TV “CNN”, o rastro gigante pertenceu a uma espécie de dinossauro herbívoro e de pescoço longo. Anteriormente, cientistas haviam encontrado uma pegada de 1 metro e 15 centímetros na Bolívia, pertencente a um animal carnívoro.

Apesar de ser impressionante, o rastro gigante é apenas parte de uma série de descobertas maravilhosas feitas na região, que é apelidada de Parque dos Dinossauros da Austrália.

O estudo dos cientistas foi realizado em Walmadany, uma zona rochosa da Austrália Ocidental. A nova pegada foi incluída no Patrimônio Nacional do país.

 

Corrida da fé

Numa pista de corrida, na Grécia antiga, haviam três colunas. Uma no início, outra no meio e a última no final da pista.

Na primeira coluna lia-se “Apresenta-te como homem”.

A última coluna dizia : “Pare!”

Mas a coluna na metade da pista alertava o competidor com estas palavras : “Apressa-te”.

As três inscrições revelam bastante sabedoria. Eram tremendamente importantes, especialmente para aquele que estava na metade do percurso.

O maior perigo para o atleta consistia em, após ter ultrapassado os demais, julgar-se vitorioso e relaxar no seu esforço, correndo o risco de ser facilmente ultrapassado por outro atleta que no início da corrida poupara suas forças, podendo, numa última tentativa ganhá-la. É importante o bom início, mas é o bom término que dá direto ao troféu.

Em muitos sentidos a vida do cristão é idêntica à vida de um atleta. Quando o cristão inicia a corrida da fé, geralmente está bem animado e pronto para uma consagração total aquele que o salvou da perdição eterna. Todavia, no decorrer da jornada, muitas vezes encontra perigos, obstáculos, tentações e cristãos mornos que se acomodaram a uma vida pouco consagrada.

Aí então, ao invés de dedicarem-se ainda mais, a fim de animar seus irmãos que podem estar acomodados, frios, indiferentes na fé, acabam por identificarem-se com eles e esquecendo que a vida cristã é uma luta que exige toda a nossa dedicação e empenho, até o fim da carreira. Na corrida da fé, somente os íntegros alcançarão a coroa da vida !

“Todos os que competem nos jogos submetem-se a um treinamento rigoroso para obter uma coroa que logo perece, mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre.” Primeira carta de Paulo aos Coríntios 9.25