Consciência Negra

share on:

20/11/2018 – FIQUE POR DENTRO

O dia 20 de novembro faz menção à consciência negra, a fim de ressaltar as dificuldades que os negros passam há séculos.

A escolha da data foi em homenagem a Zumbi, o último líder do Quilombo dos Palmares, em consequência de sua morte. Zumbi foi morto por ser traído por Antônio Soares, um de seus capitães.

Mesmo com o enfrentamento da raça enfrentar diversas dificuldades somente em 2003, no dia NOVE de janeiro, através de uma lei que o Dia da Consciência negra foi imposto no calendário nacional.

A mesma lei torna obrigatória o ensino sobre diversas áreas da história e cultura afro-brasileira. São abordados temas como a luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira, o negro na sociedade nacional, inserção do negro no mercado de trabalho, discriminação, identificação de etnias e outros assuntos.

Contudo, mesmo que uma lei assinada em 2003 garantia o ensino e refutasse um dia para que a sociedade se conscientizasse sobre o racismo e a posição do negro na sociedade e outra, somente em 2011, que a data foi de fato criada, mas sem a obrigação de ser feriado.

Ou seja, não significa que o dia é ou não um feriado e cabe aos estados e municípios determinar essa variação.

Fonte: Mundo Educação


Entrevista com o Teólogo e escritor do livro “A religião mais negra do Brasil” Marco Davi de Oliveira. Confira:

 


Autor de vírus Mirai terá que pagar multa por ataque a universidade

Um tribunal de Nova Jersey, nos Estados Unidos, decidiu condenar Paras Jahá, de 22 anos, ao pagamento de uma indenização de cerca de 32 milhões de reais. O motivo seria por causa de um ataque cibernético que o jovem fez, ao usar o vírus Mirai. Ele era aluno de ciência da computação na Universidade Rutgers quando realizou a invasão nos sistemas do local.

O Mirai é um vírus chamado “internet das coisas” cujo o código foi disponibilizado na internet e usado em diversos ataques, entre eles um que derrubou o provedor de internet Dyn e, com isso tirou do ar serviços como Netflix, Spotify e Twitter.

O vírus era capaz de entrar em câmeras de segurança, aparelhos de gravação de imagens e outros equipamentos. Em seguida, o vírus reunia a conexão com a internet de todos esses equipamentos para inundar sites da web com tráfego falso, congestionando a rede.

O estudante também foi condenado a seis meses de prisão domiciliar, mas a indenização é a punição mais severa aplicada pelas autoridades contra os autores do vírus Mirai.

Mas, além de Paras Jahá os estudantes Josiah White e Dalton Norman também responderam pela criação do Mirai. A autoridade policial elogiou os três por terem cooperado com os investigadores, tentando inclusive obter informações sobre outras pessoas que atuavam em fóruns de hackers.

Por esse crime, a Justiça decidiu aplicar a multa milionária e prisão domiciliar, o que deve impedi-lo de trabalhar e estuar. O valor foi calculado pela universidade de acordo com os custos que a instituição teve para lidar com o problema.

Fonte: G1


As Coisas Não Mudaram

“O que é já foi, e o que há de ser também já foi; Deus fará renovar-se o que se passou”. Eclesiastes 3.15.

Estamos quase no final do ano e possivelmente você percebeu que infelizmente as coisas não mudaram. Havia tanta esperança no começo, as coisas boas normalmente acontecem no novo ano, mas, parece que tudo continua na mesma.

Se percebeu isso e está amargurado achando que é sua sina viver por baixo, saiba que Deus não segue o nosso calendário nem o nosso relógio. Os propósitos e os desígnios de Deus não se sujeitam e nem mudam segundo nossas expectativas ou desejos.

Tudo quando Deus faz, move ou muda, não faz de improviso, nem segundo os últimos acontecimentos. Deus não remenda, não conserta, não quebra-galho, mas também não volta atrás. Deus se interessa pelas suas dificuldades, mas se respondesse com um sim a cada um dos nossos pedidos, desejos e reclamações este mundo não existiria mais.

O que deve erguer, destacar, reforçar e alimentar sua esperança é que o Deus que efetua mudanças no seu tempo, está junto a você com voz amorosa e cuidado envolvente.

No passado, quando em meio ao sofrimento e a aparente sensação de que nada de bom acontecia Deus animou e fortaleceu seu povo dizendo: “Eu lhes darei honra e louvor entre todos os povos da terra, quando eu restaurar a sua sorte diante dos seus próprios olhos, diz o Senhor”. Sofonias 3.20.

Deus anunciou, prometeu e mudou a sorte de seu povo de tal maneira que o salmo 147 canta essa maravilha, dizendo: “Aleluia! Como é bom cantar louvores ao nosso Deus! O Senhor edifica Jerusalém; Ele reúne os exilados de Israel. Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas. O Senhor sustém o oprimido… O Senhor se agrada dos que o temem, dos que colocam sua esperança no seu amor leal”