Caricatura

share on:

09/08/2018 – FIQUE POR DENTRO

A palavra caricatura, do italiano “caricare”, significa “exagerar, aumentar as proporções de alguma coisa”. Trata-se de um gênero discursivo que surgiu a partir das obras do artista italiano Agostino Carracci, de Bolonha. Ele criou uma galeria com caricaturas dos tipos populares da sua cidade no século 17. A Escola de Bologna ficou conhecida por destacar essa manifestação artística a partir das obras de Domenichino, Guercino e Pier Leone Ghezzi, considerado um dos primeiros artistas a dedicar-se integralmente à criação de caricaturas.

Assim como diversos outros textos não verbais ou mistos, como charges, histórias em quadrinhos e tirinhas, a caricatura é bastante popular. É comum encontrarmos esses desenhos circulando em jornais, revistas, blogs, convites de casamento e festas de aniversário. A caricatura é a “mãe” do expressionismo. A distorção e o uso de poucos traços são comuns nesse tipo de desenho. Diz-se que uma boa caricatura pode ainda captar aspectos da personalidade de alguém através do jogo com as formas.

Para aqueles que desejam aprender a criar caricaturas, é necessário observar as características físicas e comportamentais do objeto e traçar um desenho exagerado do contorno das formas, distorcer traços reais e destacar os detalhes para dar melhor acabamento ao desenho.

Fontes: mundoeducacao.bol.uol.comp.br e wikipedia.org


Entrevista com o caricaturista Denilson Vieira. Confira:

 

Lei que garante amparo médico e psicológico a vítimas de violência sexual completa 5 anos

A lei federal que garante atendimento médico e psicológico às vítimas de violência sexual completa cinco anos neste mês de agosto. Ela prevê que todos os hospitais integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS) prestem atendimento imediato. A recomendação é que o serviço comece pelo tratamento das lesões e pela aplicação de remédios. Depois, a equipe de psicólogos avalia caso a caso e determina o tempo de tratamento.

De janeiro a junho de 2018, foram registrados 6 mil casos de estupro apenas no Estado de São Paulo. O aumento é de 15,7% na comparação com o mesmo período do ano passado em que foram registradas 5 mil e trezentas ocorrências. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, desde 2013, foram mais de 28 mil casos de atendimento às vítimas de violência sexual nas unidades de saúde estaduais. Do total, 85% das vítimas são mulheres.

Fonte: G1


Caráter

Como você se comporta quando ninguém o está olhando ?

Existem pessoas que acreditam na possibilidade de alguém possuir dois caráteres, um público e outro privado. O que se faz em particular, é problema pessoal, desde que não afete o desempenho público.
Porém existe um problema neste modo de pensar. Um desvio da própria definição de caráter, pois ela pode ser definida como integridade.

Você lembra do filme Titanic?

Um dos principais motivos pelos quais o grande navio foi considerado insubmergível eram os compartimentos do casco. A inundação de um compartimento não afetaria outros compartimentos por causa da altura das paredes existentes entre eles. Os projetistas do Titanic não previram que uma colisão com um iceberg romperia o casco e atingiria vários compartimentos de uma vez, fazendo com que a água passasse de um para outro, até levar o poderoso navio a pique.

O mesmo acontece em nossa vida. Pensamos que podemos impedir que uma falha cause impacto em outras áreas da nossa vida. Não é assim que funciona. Uma quebra na integridade do compartimento de nossa vida rapidamente transborda para outro, até que tudo afunda.

Como então, evitar a inundação? Agindo em particular do mesmo jeito que se age em público, e vice-versa. Vivendo principalmente não para agradar aos outros mas sim para agradar a Deus.

Autoria Desconhecida