Biblioteca

share on:

09/04/2018

O Brasil tem uma representante entre as 3 finalistas de um concurso internacional que vai escolher a melhor biblioteca do mundo. A candidata é a Biblioteca de São Paulo. A premiação é promovida pela Feira do Livro de Londres, em parceria com a Associação de Editores do Reino Unido. Segundo o governo paulista, o resultado será anunciado no dia 10 de abril.

A Biblioteca de São Paulo foi aberta em 2010 na área que abrangia a Penitenciária do Carandiru, na zona norte da capital paulista. Possui um acervo de mais de 43 mil itens. Ela recebe anualmente cerca de 300 mil pessoas interessadas nas diversas atividades realizadas, que incluem leitura, oficinas, cursos, exibições de filmes e espetáculos.

A Biblioteca de São Paulo também oferece um acervo de audiolivros, livros em braile e equipamentos de acessibilidade, além de uma programação inclusiva para todas as idades.

 

Isenção da taxa de inscrição do Enem 2018 já pode ser solicitada

Os candidatos que têm direito à isenção na taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio 2018 já podem fazer o pedido. O processo deve ser realizado pelo site www.enem.inep.gov.br.

O prazo vai até o dia 11 de abril e as provas serão aplicadas nos dias 4 e 11 de novembro. Vale lembrar que, neste ano, os inscritos no ENEM para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja 2017 que atingiram a nota mínima para a certificação também vão poder pedir o benefício.

Além desse público, a gratuidade valerá para outros 3 tipos de candidatos: estudantes que estão cursando a última série do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública; concorrentes que cursaram todo o ensino médio em escola da rede privada, mas como bolsista e interessados em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

 

O livro e a folha

Sobre uma mesa estava posta uma folha em branco, e logo ao seu lado um livro famoso, um best-seller. A folha tinha um ar de tristeza e melancolia, sentindo-se desprezada e oca. O livro, ao contrário, possuía um aspecto sereno e uma expressão de realização.

A folha após contemplar as condições do livro e perceber que havia sido muito manuseado, com aparência desgastada, porém feliz, indagou-lhe:
– Senhor livro, como poderei ser um dia, uma obra que desperte o interesse das pessoas e proporcione muitas emoções?
O livro continuando com o seu ar sereno e afável, fala à página vazia:
– Cara folha, um livro só é escrito quando a folha branca se deixa preencher pelas letras de hábil escritor.

Por muitas vezes, temos a nítida impressão que a escrita dos nossos dias culminou em uma página vazia e desinteressante. Olhamos ao redor e observamos os grandes vultos em seus grandes feitos compondo a história da humanidade com as suas próprias histórias. Fica então em nosso coração o desejo e o anseio de fazer de nossos dias uma narrativa relevante que venha inspirar outros.

Se almejamos construir estes dias, devemos entender e assumir o conceito que afirma que ser, é deixar de ser. Sempre há profundas marcas de renúncia na vida das pessoas que nos inspiram. Jesus nos ensinou esta verdade quando afirmou que: “Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á” (Mt 10.39). È necessário ter coragem para renunciar.

Assim, ser é arriscar-se. A vida é composta de escolhas e de posicionamentos. Afirmar esta verdade é reconhecer os ganhos e as perdas do cotidiano. No momento que optamos por alguma coisa, precisamos renunciar outras; quando nos posicionamos somos alvos de críticas ou elogios. Tornar-se um best-seller é deixar de ser uma folha vazia.

É importante saber que o Senhor deseja escrever histórias significativas em nossos dias. Ele quer compor a narrativa da humanidade com a biografia dos seus servos. Desta forma, com certeza, seremos best-sellers, vidas cheias de emoção e de amor que são capazes de inspirar o mundo.