Bandeiras

share on:

23/01/2018 – FIQUE POR DENTRO

Representando a soberania nacional, as bandeiras não são apenas pedaços de tecidos simples. Em seu conteúdo é representada toda a história de um povo, suas convicções, lutas e esperanças.

Mas como a história, a geografia, a cultura, a política e a religião de um país podem ser espremidos para formar um único desenho que caiba em um retângulo? Confira alguma das curiosidades:

O vermelho representa o sangue derramado em batalhas (Turquia) e ideais que nações gostam de exibir, como coragem (Benin), progresso (Suriname) e vitória (Tadjiquistão). O azul pode ser a água (do mar em El Salvador e da chuva em Botsuana) ou o céu. O verde, a esperança (Hungria) e prosperidade (Burkina Faso). Também é usado como referência ao Islã (Paquistão). Com o vermelho, azul e branco, os impérios francês, russo e britânico impuseram suas cores às colônias. Se houvesse uma bandeira que seguisse os padrões mais repetidos, ela seria assim.

O símbolo pode representar Estados (Brasil e Estados Unidos) ou uma ideologia. No Vietnã, cada ponta é uma classe e a estrela é a união de todas para a construção do socialismo.

Quando aparecem vegetais, em geral, são folhas, flores e frutos típicos do país, como noz-moscada (Granada). Os animais costumam ser bichos icônicos do País. É o caso do guru-coroado, um pássaro de Uganda. Objetos também aparecem, como na bandeira da Angola, facão e roda dentada simbolizam camponeses e operários unidos no socialismo.


Entrevista com o geógrafo, Tiago José Berg. Ele fala sobre a história das bandeiras. Confira:

 


Como cancelar spams de operadora de celular

É bastante inconveniente aquele momento em que vamos verificar as notificações no nosso celular, apenas para descobrir que não é uma mensagem aguardada, uma ligação importante ou algo de real interesse. É, na verdade, uma mensagem publicitária. Quando enviado pela operadora, esse tipo de conteúdo pode ser especialmente irritante, mas existe uma maneira muito fácil de bloquear e se livrar do incômodo.

Segundo a Anatel, a prestadora não poderia enviar essas mensagens sem o nosso consentimento. De qualquer maneira, seu site oficial informa que o cancelamento pode ser feito pelo consumidor a qualquer momento. A resolução que determina essa informação é de 2014.

Para que você possa cancelar essas notificações indevidas é necessário entrar em contato com a operadora, em seguida, mande um SMS com a palavra “Sair” para o número que você selecionou e, então, é só aguardar uma resposta. Em caso de problemas para cancelar esse envio de mensagens spam, também é possível fazer uma reclamação formal no órgão.


O que são as Fake News – Notícias Falsas

Notícias falsas sempre existiram isso já sabemos. Principalmente no ramo da política, onde não é novidade um candidato plantar uma informação sobre seu adversário para que ele perca votos ou que boatos sobre a vida privada de alguém sejam espalhados. Historicamente, diversas informações falsas foram disseminadas com determinados objetivos.

A afirmação anterior corresponde de um trecho de uma entrevista do historiador Robert Darnton, que é professor emérito da Universidade de Harvard. Ele conta que as notícias falsas são relatadas pelo menos desde a Idade Média.

Notícias que aparentam ser verdadeiras, que algum grau poderia ser verdade ou que remontam situações para tentar se mostrar confiáveis, são essas as conhecidas “Fake News”. O termo foi tão utilizado no último ano que entrou, inclusive, no dicionário de Oxford.

Dessa forma, as pessoas devem estar atentas com esse tipo de informação, pois as notícias falsas não são apenas aquelas extremamente irônicas, que têm o intuito de serem engraçadas e provocar o leitor.

As notícias falsas atualmente buscam disseminar boatos e inverdades com informações que não estão 100% corretas sobre pessoas, partidos políticos, países, políticas públicas, economias e qualquer outro assunto.


De quem é o trabalho mais importante?

Quando avaliamos o trabalho em termos de importância, geralmente olhamos para as posições na escada corporativa. Outros fatores são a remuneração e a produtividade. Se alguém é muito bem pago é sinal de que merece isso, não é? O executivo de vendas que ocupa o cargo mais alto deve ter cotação elevada.

Mas há outra maneira de avaliar a importância de uma pessoa no trabalho. Fizeram-me lembrar disso durante uma conversa com o administrador de uma empresa com a qual estive trabalhando nos últimos meses. A fábrica, que manufatura produtos terceirizados para empresas elencadas entre as maiores empresas do mundo depende da qualidade do trabalho de muita gente nas várias etapas do processo.

A área de Compras deve assegurar que os materiais estejam disponíveis quando necessários. Se não a linha de produção para. Portanto, as pessoas nessa área são importantes. A Manufatura também tem classificação elevada em termos de importância. Como vender o que não foi produzido? A Manutenção faz reparos no maquinário, trabalho altamente importante. A Contabilidade envia faturas, recebe pagamentos e paga fornecedores. Os que lidam com folha de pagamento e desempenham papel fundamental para garantir que os colaboradores sejam remunerados adequadamente e recebam os benefícios a que fazem jus, além de admitir novas pessoas e lidar com processos de aposentadoria e demissão.

Portanto, o trabalho ou a pessoa mais importante varia de acordo com o que deve ser feito em dado momento. Até mesmo a equipe de limpeza pode ser considerada a mais importante quando se trata de proporcionar banheiros bem higienizados e retirada do lixo e manutenção de pisos limpos e desempoeirados. Ou seja, é preciso tomar consciência de dois princípios importantes:

Não superestime ou subestime sua própria importância. Mesmo que esteja próximo ao topo da organização, sua eficiência e produtividade estão intimamente ligadas ao trabalho de outras pessoas. E se você ocupa posição de nível mais baixo, ainda assim você é importante. “…Ninguém tenha de si um conceito mais elevado do que deve ter; mas, ao contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida de fé que Deus lhe concedeu” (Romanos 12.3).

Não subestime a importância dos outros. Existe a tentação de desconsiderar pessoas de postos inferiores dentro da empresa, mas todo trabalho é fundamental para o sucesso dela. Cada uma deveria ser valorizada pelo que faz e pelo seu papel no esforço corporativo como um todo. “Nada façam por ambição egoísta ou vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos” (Filipenses 2.3).

Por: Robert Tamasy