Atletas de verão

share on:

21/12/2017 – FIQUE POR DENTRO

Na estação mais quente do ano, é comum ver muitas pessoas aproveitando os dias com temperaturas elevadas para curtir uma praia, piscina ou até mesmo praticar algum esporte. Porém, nessa época também é mais frequente a busca pelo corpo ideal ou querer deixa-lo em forma em pouco tempo.

Conhecidos por ‘atletas de verão’, esses praticantes devem tomar cuidado com o esforço em curto tempo, principalmente, porque essa ‘empolgação inicial’ pode acarretar em problemas de saúde.

De acordo com o coordenador cardiologista, Dr. Élcio Pires Junior, o maior perigo para esse público é desconhecer se possui alguma doença cardíaca que não foi diagnosticada anteriormente, o que pode trazer complicações.

 


Oitavo planeta é descoberto em sistema parecido com o da Terra

A Nasa, agência espacial dos Estados Unidos, encontrou um oitavo planeta no sistema Kepler-90, empatando-o com o nosso sistema solar. O exoplaneta, como são chamados os planetas localizados fora do nosso sistema, foi chamado de Kepler-90i e orbita a estrela Kepler 90, parecida com o Sol, porém um pouco maior.

O novo achado é o menor dos planetas do sistema, mas ainda é 30% maior que a Terra. Por estar próximo à estrela, a sua temperatura pode chegar a 425 graus célsius e seu movimento de translação.

A descoberta foi possível gralhas a utilização do telescópio Kepler, da Nasa, em conjunto com uma máquina de inteligência artificial o Google. A máquina tem a capacidade de “aprender” as coisas e neste caso ela foi ensinada a localizar exoplanetas no sistema Kepler-90.


Sintonizando o coração com a mensagem do Natal

As luzes da cidade já começam a brilhar de forma mais intensa. No parque Ibirapuera já se pode ver a tradicional árvore de Natal. As lojas vão mudando suas vitrines e as cores, vermelha e verde, vão se tornando predominantes na cidade. Tudo isso é o sinal de que o Natal está chegando, o Natal que aquece o mercado, o Natal que estimula o crédito, o Natal que encoraja o consumo. De certo modo isso é “boa nova” para muita gente, afinal , resulta em mais atividade comercial, mais trabalho e mais possibilidade de recursos para as famílias.

Longe das luzes, nas cores cinzas dos jornais, outras novas, nada boas, vão descrevendo uma realidade que teima em existir, mesmo quando é “tempo oficial” de festas. Ali vemos relatado, as dores que assolam nossa cidade, as mazelas de nosso país, a dor presente no mundo distante de Deus. Enquanto as luzes da vitrina brilham, a realidade se mantém, um pouco esquecida, é verdade, mas firme nas suas lógicas que ameaçam a vida.

Esta contradição de realidades encontra na verdadeira história do Natal um ponto de convergência. O verdadeiro Natal não tenta ocultar as manifestações das trevas existentes, ao contrário, o verdadeiro Natal é a Luz que brilha no meio das trevas, como nos diz Isaias 9:2-7.Esta luz revela, por um lado, as trevas, por outro, a esperança. Foi assim no nascimento de Jesus Cristo e deve continuar sendo assim sempre que nos reunamos para celebrar o Natal, até que o Senhor regresse. O que foi a Boa Notícia proclamada pelos anjos no primeiro Natal, o nascimento do Messias esperado, deve ser a Boa Notícia hoje, a saber; a vida, a obra e as palavras do Messias que virá mais uma vez, isso é o que celebramos no Advento.

O Advento é um dos tempos do Ano Litúrgico e pertence ao ciclo do Natal. A liturgia do Advento caracteriza-se como período de preparação, é tempo de espera d’Aquele que há de vir. Celebramos o Senhor que veio, que vem e que virá; sua liturgia conduz a celebrar as duas vindas de Cristo: Natal e Parusia, que é a segunda vinda de Cristo. Na primeira, celebra-se a manifestação de Deus experimentada há mais de dois mil anos com o nascimento de Jesus, e na segunda, a sua desejada manifestação no final dos tempos, quando Cristo vier em sua glória.

De que forma se manifesta hoje este Boa noticia da chegada do Rei? Permita que seu coração seja conduzido neste tempo pela Palavra de Deus, para pode discernir estes diferentes relatos do Natal, aquele expresso nas palavras dos homens e o revelado na Palavra de Deus. Assim, em sintonia com o verdadeiro Natal, poderemos atualizar a forma de apresentar a velha e sempre boa noticia que diz; Emanuel, Deus está conosco!

Por: Pr. Ziel Machado