Áreas Úmidas

share on:

09/02/2017

As áreas úmidas são complexos ecossistemas que englobam desde as áreas marinhas e costeiras até as continentais e as artificiais. Alguns exemplos são os lagos, manguezais, pântanos e também áreas irrigadas para agricultura e reservatórios de hidrelétricas.

A definição do conceito de área úmida surgiu na Convenção de Ramsar. O tratado intergovernamental celebrado no Irã, em 1971, marcou o início das ações nacionais e internacionais para a conservação e o uso sustentável das zonas úmidas e de seus recursos naturais. Atualmente, 150 países são signatários do tratado, incluindo o Brasil.

O solo brasileiro abriga a maior área úmida do planeta: o Pantanal. Seus mais de 170 mil quilômetros quadrado de extensão abrigam uma rica biodiversidade.

 

Entrevista com a pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Áreas Úmidas, Marinez Isaque Marques. Ela fala sobre áreas úmidas

 

Telescópio espacial capta imagem rara de morte de estrela

O telescópio espacial Hubble registrou o momento exato da morte de uma estrela, um fenômeno que os astrônomos raramente conseguem ver.

A imagem mostra uma estrela, chamada de gigante vermelha, no seu estágio final, no qual libera nuvens de gás e poeira para se transformar em uma nebulosa planetária. A imagem da Nebulosa Cabalash foi divulgada pela ESA e pela NASA, as agências espaciais europeia e americana.

Por conter muito enxofre, ela também é chamada de Nebulosa do Ovo Podre. Quando combinado com outros, o elemento produz um mau cheiro característico, que lembra o de um ovo estragado. O fenômeno aconteceu a 5 mil anos luz da terra.

 

Novo Território

Todos nós sempre poderemos estar bem melhor amanhã, bastando para isso que comecemos a implementar hoje as mudanças de que desesperadamente precisamos .

Existe alguma coisa em sua vida que o está amarrando? Algo que você poderia desvencilhar-se facilmente, se não fosse tão familiar?

A realidade é que para que as coisas venham a assumir um rumo mais saudável, devemos seguir em frente na conquista de um novo território, só que às vezes preferimos optar pela mediocridade daquilo que nos é familiar, a abraçar algo, muito empolgante, só que desconhecido.

Seguir em frente significa partir para um território ainda não conhecido. Haverá novos e inesperados desafios, contudo, lá estarão presentes as novas oportunidades.

Sim, haverá desconforto e talvez tristeza em deixar para trás aqueles jugos tão familiares, mas é no novo território que estão as maravilhosas e magníficas possibilidades.

Toda mudança gera um desconforto momentâneo. Seja uma mudança de atitudes, de emprego, de carreira, de moradia, enfim, mudanças nos deixam desconfortáveis por não sabermos como será o novo.

No entanto, não é por medo do desconforto que vamos deixar nossa vida estagnar ou ser medíocre, certo? Mudar faz parte da vida. Deixar para trás aquilo que nos atrapalha, que nos impede de sermos pessoas melhores e mais relevantes também deve fazer parte da vida.