share on:

Evangelho, esclarecimento e instrução para as famílias de hoje: conheça Kléber Lima, apresentador do mês de agosto

“A família de hoje precisa de paz… A família de hoje precisa de amor. Precisa de alegria, precisa de luz e só quem pode dar tudo isso é Jesus”. É irresistível não cantarolar a música assim que o programa começa. De melodia animada, vozes afinadas e harmoniosas, a canção carrega uma importante verdade: a família dos dias atuais precisa de ajuda.

O psicólogo clínico e pastor Kléber Bezerra Lima entendeu logo cedo que esse era o seu chamado. Especificamente, quando tinha 17 anos. “Deus colocou no meu coração já esse amor por trabalho com famílias. Foi por isso que fui fazer o curso de psicologia. Naquela época, em que estava no segundo colegial, sonhava em fazer o curso de direito e ser diplomata. De repente, as coisas mudaram. Entendi claramente que Deus estava me direcionando para trabalhar no ministério pastoral”, explica.

Casado há 23 anos com a fonoaudióloga Vânia Lima, pai de dois filhos, Vitor, 16, e Daniel, 11, Kléber é formado em psicologia clínica pela Universidade de Marília e em teologia na Faculdade Teológica Batista de São Paulo. Na época, começou seu trabalho como seminarista pela Igreja Batista em Perdizes.

Após um ano, tornou-se missionário da Convenção Batista do Estado de São Paulo em parceria com a igreja, trabalhando por cinco anos com o ministério estudantil e universitário. Em 1996, casou-se e, em 1997, os dois começaram um novo projeto de plantação de igreja em Higienópolis, bairro da cidade de São Paulo, que mais tarde veio a se chamar Igreja Batista da Família em Higienópolis, a qual pastoreou até ano passado. Atualmente, Kléber e Vânia dedicam-se ao trabalho com famílias.

Família Hoje

Foi por meio de seu primo, Josué Vieira, que Kléber conheceu a RTM. Após conversas e compartilhamento de sua paixão pela rádio, Josué auxiliou seu primo a ter os primeiros contatos com a RTM. O que começou com pequenas participações em eventos, colaborações e cultos com os funcionários, concretizou-se na produção do Família Hoje, programa que auxilia e orienta as famílias em questões conjugais, criação de filhos, relacionamento, família ampliada, dependência, desordens psíquicas, psicológicas e até mesmo espirituais, dentro da perspectiva bíblica cristã. 

Para a captação das perguntas que vão para o programa, Kléber conta com a ajuda da equipe de produção da RTM e da jornalista Paula Ferreira, apresentadora do Fique Por Dentro e do Mulheres de Esperança. Em apenas 5 minutos, os dois trazem riqueza, variedade de temas e vozes – afinal, o programa é destaque por ter a participação de pessoas de todas as idades e de variadas regiões do Brasil. “A Paula é uma pessoa com quem é muito fácil trabalhar; ela é comunicativa, habilidosa e de uma capacidade impressionante”, elogia.

Kléber Lima e a jornalista Paula Ferreira durante gravação do programa Família Hoje.

Quanto às perguntas enviadas ao programa, o pastor deixa claro que nenhuma é deixada de lado, mesmo se entrar em assuntos considerados polêmicos. “Ninguém está fabricando nada, ninguém está maquiando nada. As coisas são do jeito que são e não precisamos ter medo de perguntar para a Palavra de Deus aquilo que faz parte de nossa vida”, relata. Para ele, os questionamentos refletem a realidade.

Ao ser perguntado sobre o tema que mais aparece no programa, ele de pronto afirma: baixa qualidade na comunicação familiar. “Nenhum de nós sabe ouvir e se expressar tão bem como deveria. Isso, claro, esbarra na vida em família, passando pela questão conjugal, dos pais com seus filhos, e até entre irmãos. Isso está muito presente na vida familiar e reflete em nossos programas também”, explica.

Além dos programas gravados semanalmente, o psicólogo clínico tem compartilhado seu conhecimento em materiais como o livro Felicidade Para Dois, voltado para casais, e os 12 fascículos de conteúdo evangelístico Ser Como Cristo. O segundo módulo dessa série está em produção.

Mensagem para as famílias de hoje

Aproveitando que agosto é o mês dos pais, Kléber deixa um recado.

Para as famílias: “Não importa o tamanho de sua família, procure sempre dar todo o amor que Deus lhe dá. Ao olhar para sua família, você verá muitas imperfeições porque somos imperfeitos, mas com todas essas dificuldades, lutas e demandas, é importante sermos canais do amor de Deus para a nossa família. Esse é o propósito dele. Seja o canal que está plugado na fonte, que vai repassar esse amor de Deus! Ele nos ama apesar de sermos quem somos, e é o que devemos fazer também com a nossa família”.

Para os filhos: “Aproveite cada segundo com seu pai. Trate-o bem, cuide bem dele porque ele é patrimônio. A nossa referência é sempre a maneira como Jesus se referia carinhosamente ao Pai. Vamos lembrar-nos de que o mundo de hoje valoriza muito menos o pai do que deveria. Não que a mãe não tenha importância, é claro que tem, e não há como negar isso jamais. Mas não podemos tirar a importância do pai. Ele é a figura a partir da qual a família se organiza de maneira mais estruturada. Valorize o seu pai, cuide dele, ame-o o tempo todo, porque isso vai ser benefício para a sua própria vida”.