Anestesia

share on:

08/02/2017

A canadense Donna Penner foi encaminhada para uma laparoscopia. A simples cirurgia, que envolve pequenas incisões na área examinada, é feita com anestesia geral. Porém, após o procedimento, ela ficou com graves sequelas.

Donna Penner, em depoimento à BBC, contou o que aconteceu: “Quando acordei, podia ouvir todos os sons da sala de operação, os passos, o som das máquinas, o ruído do movimento dos instrumentos. Pensei: ‘Que bom, já acabou’. Mas tudo mudou segundos depois quando ouvi o cirurgião dizer uma frase que me aterrorizou: ‘Bisturi, por favor.”

Apesar de estar consciente, Donna não conseguia se mexer, falar ou abrir os olhos, porque também tinha recebido um bloqueador neuromuscular, fazendo-a ficar com o corpo totalmente paralisado. Essa experiência lhe rendeu o transtorno de estresse pós-traumático, um problema que geralmente atinge vítimas de guerras, fenômenos naturais e acidentes graves.

 

Entrevista com a ginecologista e obstetra, Dra. Erica Mantelli. Ela fala sobre eclampsia e pré-eclâmpsia

 

Produtos químicos antiaderentes são comuns em embalagens de fast food

Hambúrgueres, batatas fritas, tacos e doces vêm embrulhados em papel à prova de gordura e caixas. Nestas embalagens muitas vezes contêm produtos químicos antiaderentes que podem passar para os alimentos.

Um estudo testou mais de 400 amostras de 27 redes de fast food nos Estados Unidos. Quase metade dos embrulhos de papel e 20% das amostras de papel cartão, como caixas de batatas fritas e pizza, continham flúor. Ele é usado em tapetes resistentes a manchas, utensílios de cozinha antiaderentes e roupas impermeáveis.

Os pesquisadores alertaram que a exposição está associada com câncer, desordem da tireoide, supressão imune, baixo peso ao nascer e diminuição da fertilidade, de acordo com estudos prévios.

 

Ministro do Supremo Tribunal Federal

O presidente Michael Temer indicou nesta segunda feira o ministro da justiça Alexandre de Moraes para ocupar a vaga no Supremo Tribunal Federal. A vaga era de Teori Zavaskci, que morreu num acidente de avião no dia 19 de janeiro.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal são escolhidos pelo presidente da República entre os cidadãos com idade de mais 35 e menos de 65 anos. Ele deve ter um notável saber jurídico e reputação ilibada.

Para ser aprovado o indicado dever ser sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal e depois aprovado em votação pela maioria absoluta dos senadores.

 

Amigo de Deus

E Abraão foi chamado de “amigo de Deus”. (Tg 2.23)

Apesar de uma ou duas mentirinhas (Gn 12.13; 20.5), apesar de ter tomado Agar como sua concubina (Gn 16.3) e apesar de alguns tropeços na fé (Gn 15.3), Abraão é chamado de “amigo de Deus”. Sabe-se disso por causa de Josafá. A certa altura, o rei disse ao Senhor: “deste a terra deles para sempre a nós, os descendentes de Abraão, teu amigo” (2Cr 20.7). Sabe-se disso também por causa da palavra do próprio Deus dirigida ao povo na época do profeta Isaías, dizendo: “Vocês são descendentes de Abraão, meu amigo” (Is 41.8).

Seria Abraão o servo predileto de Deus? Por que não Enoque, que “viveu sempre em comunhão com Deus” (Gn 5.24)? Por que não Noé, o pregoeiro da justiça? Por que não Davi, o homem segundo o coração de Deus? Por que não Moisés, o homem que preferiu “sofrer com o povo de Deus em vez de desfrutar, por pouco tempo, os prazeres do pecado” (Hb 11.25)? Por que não o profeta Elias, o profeta Isaías, o profeta Jeremias, ou qualquer um dos outros profetas? Por que não João Batista, o precursor de Jesus? Por que não João, o discípulo amado de Jesus? Por que não Paulo, aquele que confessa “para mim viver é Cristo” (Fp 1.21)?

Essa distinção dada a Abraão tem muito a ver com a sua fé. Isso porque a Bíblia diz que “sem fé ninguém pode agradar a Deus, porque quem vai a ele precisa crer que ele existe e que recompensa os que procuram conhecê-lo melhor” (Hb 11.6).

Uma fé crescente, uma fé robusta, uma fé precisa, uma fé corajosa, uma fé continuada, uma fé viva, uma fé teórica e prática, uma fé que crê e faz – só pode agradar a Deus.

Deus não pode deixar de se agradar de um homem disposto a sacrificar para ele o filho que custou a nascer, o filho que ele tanto amava, o filho que seria seu herdeiro. Abraão amou tanto a Deus que lhe deu seu único filho e Deus amou tanto o mundo que lhe deu seu único Filho!

Élben César – fonte: Ultimato