Álcool na adolescência

share on:

13/12/2016

A ingestão de bebida alcoólica na adolescência pode prejudicar o desenvolvimento cerebral. De acordo com um estudo recém-publicado no periódico científico, adolescentes que bebem em excesso tendem a ter menos massa cinzenta no cérebro.

No estudo, pesquisadores da Universidade da Finlândia Oriental, acompanharam 62  jovens durante 2 anos. Nesse período, eles responderam questionários que incluíam questões sobre o consumo de bebida alcoólica. Os resultados mostraram que 35 deles abusavam do álcool, bebiam pelo menos 4 vezes por semana ou bebiam muito na adolescência. Os demais foram considerados bebedores moderados.

Exames de escaneamento cerebral mostraram que os jovens que abusaram do álcool tinham menores volumes de massa cinzenta, em comparação com aqueles que bebiam moderadamente. Essa parte do cérebro é a estrutura responsável por funções como memoria, tomada de decisões e autocontrole.

Img_FiquePorDentro_Entrevista_680px_v1

Com o pediatra e clínico de adolescentes, Paulo César Pinho Ribeiro. Ele fala sobre o álcool na adolescência

Img_FiquePorDentro_MomentoRefflexao_680px_v2

A Igreja e sua missão

“…assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso pai que está nos céus.” Mateus 5.16

Qual é a missão da Igreja? A pergunta é muito simples, porém nem todos conseguem responder com a mesma simplicidade. Muitos pensam que o livro de Atos terminou no capítulo 28, quando na verdade ele continua na história da Igreja até os dias de hoje. “Os cristãos devem ser boas novas, antes de anunciar Boas-Novas.” C. Aldrich

As palavras do Evangelho devem ser encarnadas antes de verbalizadas. Se não vivermos o evangelho não podemos transmiti-lo. Podemos dizer que a missão da Igreja é a beleza de Cristo sendo vista em nós e exalando seu perfume em nossos relacionamentos.

Há uma gloriosa missão para ser cumprida pela Igreja, e nos foi dada pelo Senhor Jesus, o Senhor da Igreja. Em Efésios 5. 24 lemos que a Igreja está sujeita a Cristo. A Igreja é o corpo e o cabeça é Cristo. Confirmado em I Coríntios 12.12 e 27.

Em Mateus 5.13 a 16 vemos em primeiro lugar que é missão da Igreja: salgar o mundo e iluminar o mundo. Salgar no sentido de dar sabor e razão à vida, conservar o que é bom. Iluminar no sentido de tirar as trevas, mostrar os defeitos, indicar o caminho, mostrar a verdade e apresentar a esperança que há em Jesus. Paulo fala aos Filipenses 2.15 que somos luzeiros neste mundo e que iremos iluminar quando nos tornarmos irrepreensíveis e sinceros, inculpáveis diante desta geração pervertida e corrupta. Para isso recebemos graça para padecermos por Cristo, além de crermos nele.

Em segundo lugar, ainda em Mateus 5. 14 e 15, a missão da Igreja deve ser manifestada a todos, como uma cidade sobre o monte, como uma candeia no velador, ou seja, como uma luz no centro da sala, ilumina toda a sala.

Em terceiro lugar, a missão da Igreja deve glorificar a Deus. Mateus 5.16.

Através das boas obras, salgando e iluminando o mundo nossas vidas serão cartas vivas e quem nos ler, glorificará a Deus.

Um missionário perguntou a um homem convertido: – O que mais o influenciou para se tornar um seguidor de Cristo? Ele respondeu: Estes olhos já viram muitos males, estas mãos já praticaram muitos pecados e violências, minha mente já planejou muita coisa ruim, mas quando vi pessoas como eu, ladrões que deixaram de roubar, mentirosos deixaram a mentira, pessoas cruéis que tornaram-se bondosas, concluí que o cristianismo era bom para mim. “Vi isso não no templo, mas na vida deles.”

A Igreja somos nós. A Missão da Igreja é a nossa missão. Você tem salgado o mundo? Através das Boas-Novas, você tem refletido a luz de Cristo? Os que estão “lendo” sua vida, sentem o desejo de glorificar a Deus?

O Irmão André (Portas Abertas) disse: “Todo homem/mulher tem o direito de ouvir sobre o Salvador Jesus”. Este é o seu papel, e o papel da Igreja.

Pr Paulo Cirelli

Img_FiquePorDentro_Tecnologia_680px_v1

Olimpíada Rio 2016 teve quase 3 incidentes cibernéticos por hora

A Olimpíada e a Paralimpíada de 2016 do Rio de Janeiro foram alvo de, em média, 2,7 incidentes cibernéticos por hora. Foi o que informou a empresa de segurança Symantec, responsável pelos sistemas e softwares empregados no esquema de segurança digital.

Durante os 41 dias de duração dos 2 eventos, foram 2.686 incidentes. Um “incidente” não é necessariamente um único ataque, porque pode representar um conjunto de eventos ou ataques relacionados. Os incidentes listados foram aqueles que precisaram de intervenção de especialistas da empresa.

Contando os ataques presentes em cada incidente, os programas da Symantec barraram 50 mil ataques. Quase todos eram ataques comuns presentes na internet, visto que só 10% deles faziam uso de códigos até então desconhecidos. Hoje se cria no mundo mais de 1 milhão de vírus por dia. Então é muito normal que um ou mais vá passar.

Img_FiquePorDentro_EntendendoPoliitica_680px_v1

Série: Manifestações no Brasil – Passeata dos CEM mil

 Nas últimas semanas e até mesmo nos últimos anos, em diversos cantos do país, manifestações vem acontecendo. Com o falso mito de que brasileiro é pacifico, ao longo do Entendo a Política vamos abordar uma nova série sobre Manifestações no Brasil. Nela, focaremos em famosos protestos marcados por lutas do povo brasileiro. Hoje, a Passeata dos 100 mil.

No ano de 1968, a ditadura militar já estava instaurada no país desde 1964. Cansados da repressão, a população, liderada pelos movimentos estudantis e revolucionários, decide ir às ruas do Rio de Janeiro em protesto. A manifestação do dia 26 de junho foi autorizada, no entanto colocaram um batalhão de 10 mil policiais para controlar os 100 mil presentes.

Foi a última manifestação pública legal do período, pois em dezembro de 1968 foi instaurado o Ato Institucional número 5 que punha fim à liberdade de expressão e dava ainda mais poderes aos militares.