Adoração e música na Igreja brasileira

share on:

20/02/2018 – FIQUE POR DENTRO

Os primeiros cânticos evangélicos no Brasil surgiram no próprio século de seu descobrimento, o mesmo da Reforma. Vários alemães viajantes divulgaram a música de Lutero e de outras cantadas pela igreja calvinista na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

Entre os anos 60 e 80 surgem grupos como o Rebanhão, Vencedores por Cristo e Logos, grandes influenciadores e estimuladores da busca pela boa música nas congregações espalhadas Brasil afora.

A música na igreja brasileira hoje é um leque de adoração, evangelização, e também do entretenimento, atrelada ao pano de fundo comercial definitivamente instalado no meio evangélico.

Fonte: www.nelsonbomilcar.com.br


Entrevista com o músico e compositor, Nelson Bomilcar. Ele fala sobre a adoração e música na Igreja brasileira. Confira:

 


Google remove “ver imagem” da busca por fotos para dificultar roubo

Supostamente por conta de pressão de fotógrafos e grandes publicadores, a Google removeu o botão “Ver Imagem” dos seus resultados de buscas.

Com isso, quem deseja baixar uma foto diretamente dos resultados do Google ficará frustrado ao perder a opção. O posicionamento oficial da empresa sobre a mudança é que a eliminação desse botão, que abria uma nova aba no navegador apenas com a foto em alta resolução, vai ajudar a “conectar usuários a sites úteis”, mas a ação está sendo classificada como uma medida para “dificultar o roubo” de imagens.

Assim, quando você buscar imagens no Google e clicar em uma das opções que aparecem na tela, somente os botões “Visitar”, “Salvar”, “Ver itens salvos” e “Compartilhar” estarão presentes. Além disso, um novo aviso é mostrado ao lado das dimensões da foto.

A Google também está implementando outras pequenas mudanças para mitigar o uso indevido de fotos. O botão “Busca por imagem” também foi removido da plataforma, mas ainda é possível arrastar e soltar arquivos na barra de pesquisas para obter resultados similares. Suspeita-se que o antigo botão era utilizado para encontrar fotos de arquivos pagos sem marcas d’água.


Compra de Votos

Quem nunca ouviu falar de alguém que trocou o voto por cesta básica, gasolina, materiais de construção. A compra e venda de votos costuma ter sua importância minimizada, uma prática às vezes até já naturalizada em determinados locais.

Uma pesquisa realizada em 2015 pela Checon Pesquisa, encomendada pelo Tribunal Superior Eleitoral, o TSE, mostrou que pelo menos 28% dos entrevistados tem conhecimento ou já testemunhou algum caso de compra de votos. E não é só isso, a mesma pesquisa, feita com quase 2 mil eleitores entre 18 e 60 anos em 7 capitais de todas as regiões do país, revela que poucos eleitores percebem a compra de votos como algo ilegal e muitos ainda enxergam a troca de votos por benefícios como algo natural.

Mas, ao tratar seu voto como uma mercadoria, você ajuda a eleger alguém que usou de métodos imorais e ilegais para chegar ao poder. Ao colaborar com esse tipo de prática, você ainda abre mão do seu papel de cidadão e permite que um governante corrupto tome decisões que influenciar sua vida e a de todos os outros cidadãos.

Além de a prática ser algo prejudicial e trazem consequências sociais e políticas, você também infringe a lei. Segundo o artigo 299, do Código Eleitoral é considerado crime o ato de “Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto”.


Bons E Maus Hábitos

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o
mundo, o amor do Pai não está nele” (1 João 2:15).

“O Mais triste, neste mundo, é que os bons hábitos são muito
mais fáceis de abandonar que os maus.” (W. Maugham)

O que nós, cristãos, temos ignorado com mais facilidade? E o que temos mantido como essenciais em nossas vidas? Temos tido dificuldades em deixar os vícios – cigarro, bebidas, mentiras, vaidade, orgulho, o pecado em geral? Temos tido facilidade em deixar o Senhor em segundo plano – as reuniões semanais, os trabalhos evangelísticos, o estudo da Palavra, a oração? Ou a realidade mostrada pelo autor de nossa ilustração inicial não serve para nós?

A melhor coisa para mim e para você é poder testificar que, ao contrário do que é comum no mundo, temos deixado os maus costumes e mantido firmes os bons, aprendidos com o Senhor Jesus, que tanto gozo e refrigério trazem ao nosso coração.

Precisamos mostrar a todos que Jesus Cristo é nosso Senhor, nosso Salvador, nosso companheiro em todas as jornadas, nosso Guia e Protetor, nossa fonte de bênçãos diárias, a razão de nossa felicidade. Os maus hábitos do mundo nos destroem, nos angustiam, nos tornam infelizes e deprimidos, não nos levam a lugar algum e só servem para tirar nossa paz e nossa alegria. O pior costume que podemos ter é amar o mundo.

Se conseguirmos abandoná-lo, seremos mais que vencedores, o amor de Deus estará em nós e Suas bênçãos também. O mundo não mais me atrai, pois, Nada tem a me oferecer e
nenhuma alegria pode me proporcionar. Prefiro ficar com Jesus, andar em Seus caminhos, viver na luz e não nas trevas, proclamar que sou filho de Deus. E você? Que costumes tem guardado?

Por: Pr. Paulo Roberto Barbosa