Acidentes em estradas

share on:

18/11/2016

Uma pesquisa nacional revelou quais são as estradas mais perigosas do país e quando é que acontecem os acidentes mais graves. No ano passado, quase 7 mil pessoas morreram nas rodovias federais brasileiras.

O trecho mais perigoso do Brasil tem apenas 10km de extensão e passa na grande Florianópolis. Nele, a BR-101 virou uma espécie de avenida por onde trafegam diariamente 175 mil veículos. Um trecho da BR-040, na saída de Belo Horizonte para o Rio de Janeiro, é apontado como o pior em acidentes envolvendo caminhões. O Paraná é o 3º estado com mais mortes nas estradas. Um trecho de 10km da BR-116, ao Sul de Curitiba, foi considerado o mais perigoso do estado em 2015.

A boa notícia é que o número de mortes nas estradas brasileiras vem caindo desde 2011. Mas a ruim é que ele continua alto: uma média de 18 mortes por dia nas rodovias federais em 2015.

Img_FiquePorDentro_Entrevista_680px_v1

Com o especialista em segurança veicular, Celso Arruda. Ele fala sobre acidentes em estradas

Img_FiquePorDentro_MomentoRefflexao_680px_v2

O clamor pela justiça

“[…] venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu.” (Mt 6.10).

No Salmo 7, capítulo 11 está escrito que Deus é justo juiz. Sabemos que é da vontade de Deus que a justiça seja realizada entre os seres humanos. A Palavra de Deus é clara em nos alertar quanto à necessidade de orar pelos nossos governantes, para que haja justiça (I Tm 2.1, 2), e também para que nós sejamos praticantes da justiça (Mq 6.8).

De dois em dois anos vamos às urnas para eleger nossos representes, mesmo que pouco saibamos sobre eles. Não podemos saber se governarão justamente. Não há garantia de que cumprirão suas promessas de campanha. Não sabemos se serão corrompidos pelo poder e tomados por ganância e vaidade. Para agravar a situação, a fama dos políticos brasileiros não é das melhores, e o histórico sugere que, de alguma maneira, eles falharão. Quanto ao futuro, aparentemente, estamos com as mãos atadas.

Muito antes de existir os partidos que disputam as eleições no Brasil, já havia um ser humano corrupto por causa do pecado. Não se deve culpar um partido pela corrupção nacional, tampouco sacralizar outro por apresentar ideias supostamente cristãs. Não podemos nos esquecer de que a corrupção não está nos partidos, mas no coração das pessoas que estão por trás de todos os partidos. A corrupção faz parte do ser humano, como a Bíblia nos ensina de forma enfática (Jr 17.9; Jó 15.14-16), e a justiça dos seres humanos não vale nada perante Deus (Is 64.6).

Onde, então, devemos buscar a justiça verdadeira? Jesus nos deu a resposta em Mateus 6.10: “venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu”. O mundo carece da justiça que provém do trono de Deus. O mundo precisa da justiça perfeita e absoluta que só pode ser encontrada plenamente no Reino de Deus.

Como Igreja de Jesus Cristo, o Senhor dos senhores, não podemos deixar esta verdade escapar de nossas vistas: Jesus Cristo é justo! E por sermos o seu povo, em nós deve ser encontrada a verdadeira justiça. Nós, os chamados para viver no Reino de Deus, somos as pessoas que oram pela justiça. Não uma justiça provisória, ou uma justiça para alguns poucos privilegiados da sociedade. Não. Somos o povo que clama pela justiça que é vontade de Deus. Pedimos que sua vontade seja realizada na terra, assim como ela é plenamente realizada no céu.

Não devemos deixar que a injustiça, a corrupção e a impunidade deste mundo nos tirem a esperança. A função da Igreja na sociedade não se limita em ir às urnas, e muito menos orar pelas autoridades somente em períodos de eleição, mas devemos orar insistentemente (At 12.5).

Orar insistentemente não significa orar aos gritos e somente nos momentos de culto, com frases soltas ao ar. Significa traduzir em palavras dirigidas a Deus, e de modo constante, o nosso mais profundo e sincero desejo de ver a vontade dele, sua justiça e reinado, operando entre nós, e fundamentalmente, através de nós.

Por que depositar nossa esperança em um mundo mais justo? Não seria esta uma utopia? Será que Deus fará isto acontecer? A verdade é que Deus já enviou o seu Filho, a maior expressão de seu amor, graça e justiça, para viver no lugar mais corrupto, injusto, podre, soberbo e impune da face da terra: o nosso coração.

Img_FiquePorDentro_MaioAmbiente_680px_v2

ONU prevê novo recorde mundial de temperatura para 2016

O mundo deverá voltar a bater o recorde de temperatura em 2016, com uma média de 1,2 graus a mais em relação ao nível da era pré-industrial, anunciou a Organização Meteorológica Mundial.

“Se isso for confirmado, o século 21 terá registrado 16 dos 17 anos mais quentes desde que tiveram início os registros de temperatura no mundo”, informou a Organização, que é subordinada às Nações Unidas.

A tendência de aquecimento aumentou entre 2015 e 2016 por causa do El Niño, que afeta o Pacífico. O fenômeno climático envolve o aquecimento incomum das águas superficiais e sub-superficiais do oceano e provoca aumento de temperatura a cada 5 anos, aproximadamente.

img_fiquepordentro_dicacultural_680px_v1

Museu Costa Pinto na Bahia

Inaugurado em 1969, o Museu Costa Pinto tem origem na coleção particular do comerciante e exportador de açúcar Carlos Costa Pinto. O acervo inclui mais de 3 mil peças dos séculos 17 ao 20.

O museu expõe mobiliário, cristais, joias e objetos pessoais e de arte sacra das antigas famílias baianas, donas de solares e de engenhos de açúcar. Uma viagem no tempo do estilo de vida dos aristocratas na Bahia antiga.

O Museu Costa Pinto fica na Avenida 7 de Setembro, 2490 em Vitória, Salvador. Mais informações: (71) 33-36-60-81.