share on:

Img_IconeBaixar_680px

 

11 de janeiro de 2018

Leitura Bíblica: Salmo 40.1-8

Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra (Sl 121.1-2).

Todos passamos por períodos de grande agitação na vida, seja por motivos concretos ou não. Às vezes tudo está calmo e você vai levando a vida tranquilamente, mas de repente algo o desestabiliza, gerando inquietação, ansiedade ou mesmo pânico. Há muitas causas possíveis, como problemas não resolvidos do passado, eventos do presente ou incertezas do futuro. O fato é que frequentemente nos sentimos como em uma montanha-russa: com muitos altos e baixos. Isso mexe com mente e emoções. E, quando isso se prolonga, podem surgir até mesmo danos à nossa saúde física. Haverá algum remédio para estas situações? Com certeza sim.

Fico impressionado em como a narrativa bíblica é repleta de fatos reais que aconteceram a pessoas iguais a nós e assim nos servem de ajuda e orientação para lidar de forma saudável com os problemas. O rei Davi é um bom exemplo. No livro dos Salmos encontramos muitos textos em que ele demonstrou suas angústias, incertezas, alegrias e tristezas. Fez isso em poemas e cânticos. Chorou, lamentou, “brigou” e pediu perdão a Deus, mas também cantou e louvou muito ao Senhor, pois aprendeu a viver dependendo dele e reconhecendo o seu poder em sua vida.

Em Mateus 10.29-31 Jesus afirma que até os nossos fios de cabelos estão contados. Explica que se nem mesmo um pequeno e insignificante pardal cai no chão sem que Deus o permita, então o ser humano não precisa temer nada, pois vale muito mais que os pardais. Por isso, quando chegarem as tempestades ou quando não conseguirmos sair delas, clamemos a Jesus por auxílio, pois ele nos convida: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês” (Mt 11.28). – JDC

Só Jesus pode dar calma interior quando enfrentamos o temporal.