share on:
Img_IconeBaixar_680px

25 de Agosto de 2020

Leitura Bíblica: 1 Pedro 4.12-19

Aqueles que sofrem de acordo com a vontade de Deus devem confiar sua vida ao seu fiel Criador e praticar o bem (1Pe 4.19).

Pode parecer muito difícil acreditar que exista um sofrimento que seja “bom”. No entanto, a Bíblia fala sobre ele. Alegrar-se com as dificuldades não é para qualquer um – pode até mesmo parecer impossível! Mas considere: Jesus sofreu em nosso lugar, e quem entregou sua vida a ele é coparticipante destes sofrimentos. Quando Cristo voltar para buscar os seus seguidores, estes vão se alegrar por ter suportado, com a ajuda divina, cada dificuldade. Se a perseguição que hoje enfrentam é por seguir a vontade de Deus, ela não é motivo de vergonha ou medo, mas de alegria e louvor! Ou seja, um sofrimento é “bom” quando a pessoa passa por ele porque vive para agradar a Deus, e não mede esforços para isso. Seu maior objetivo é ser aprovada por ele e passar a eternidade ao seu lado.

Sofrer por fazer o mal é diferente. O texto de hoje dá diversos exemplos de atitudes erradas que são condenadas por qualquer um (v. 15). São pecados notórios que podem até permanecer impunes, mas trazem culpa, remorso e, pior, o afastamento de Deus e de seus propósitos. Esse sofrimento é justo, faz mal à própria pessoa e ao seu próximo. É resultado de viver para agradar somente a si mesmo: “Sou meu deus, faço o que quero”. Se não houver arrependimento e a busca do perdão divino, o empenho em praticar o mal levará a um fim trágico: o eterno estado de ausência do bem.

A inexistência total de sofrimento ocorrerá somente no Céu, na presença de Deus, onde não há dor, muito menos pecado e maldade! Aqui na terra, não há como escapar do sofrimento, mas este pode ser por um bom ou um mau motivo (veja 1Pe 3.17). Qual destas situações você tem experimentado? – Aline Coscioni Schach

“[Aos cristãos] foi dado o privilégio de não apenas crer em Cristo, mas também de sofrer por ele” (Fp 1.29).


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!