share on:
Img_IconeBaixar_680px

17 de Agosto de 2019

Leitura Bíblica: Daniel 4.29-37

O orgulho vem antes da destruição; o espírito altivo, antes da queda (Pv 16.18).

Há mais de 2.600 anos, Nabu­codonosor chegou ao topo do poder, tornando-se rei da Babilônia. Mas, após anos de conquistas, ele deixou de ser o homem mais poderoso da sua época e foi conviver com os animais, chegando a comer capim, literalmente. Em seus delírios de grandeza, perdeu sua sanidade mental e passou a comportar-se como um ser irracional. Sua queda fora predita numa visão, um ano antes. Mesmo advertido, Nabucodonosor, que se considerava deus, não se arrependeu de sua atitude arrogante. Recebeu então o castigo divino, que o tirou do trono.

A soberba faz parte da natureza do ser humano: vem de sua mente corrompida, repleta de sentimentos e desejos maus (Mc 7.21-23). Portanto, somos tentados a nos comportar de forma arrogante, às vezes sem perceber. Mesmo o mais “humilde” dos homens em algum momento se vangloriará sobre alguém.

Diante deste perigo, uma atitude sensata nos é ensinada por João Batista. Milhares iam ouvi-lo e eram batizados por ele. Sua popularidade deve ter sido uma tentação para que pensasse ser superior aos outros, mas ele não se achava digno nem de desamarrar as correias das sandálias de Jesus. Disse que “é necessário que [Cristo] cresça e que eu diminua” (Jo 3.30). Não buscava a sua glória, mas a do Filho de Deus. Entendeu que o Messias é quem deveria sobressair-se e não ele. Assim também o caráter de Cristo deve destacar-se em nossa vida, não nossa velha má índole egoísta, soberba por natureza e que deseja ser Deus.

Quanto a Nabucodonosor, ele reconheceu, depois de certo tempo, a sua própria insignificância e a total soberania de Deus. Assim, foi reconduzido ao trono. Há, pois, restauração possível aos vencidos pela soberba.

O que governa a mim e a você? A soberba injustificada ou a devida humildade, que cabe a criaturas finitas e mortais como nós? – Sérgio Vilmar Markus

Nossa plena realização existencial vem quando Deus é o único e supremo Senhor em nossa vida.


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019. Conheça os diversos formatos nesse link!

Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.