share on:
Img_IconeBaixar_680px

1º de Janeiro de 2021

Leitura Bíblica: Deuteronômio 11.8-15

Estou convosco todos os dias, até o final dos tempos (Mt 28.20b).

É impossível afirmar, mas no meu coração tenho a impressão de que Moisés, servo do Deus Altíssimo, pregou o sermão deste capítulo no princípio de um novo ano. De qualquer forma, foi numa ocasião em que terminava uma etapa na vida do seu povo e uma nova, bem diferente, estava para começar. Assim, é bem aplicável a este período hoje.
Ele se reporta aos felizes e abençoados benefícios resultantes da obediência, sob a absoluta certeza do olhar benevolente de Deus.
Há muitos que buscam o Deus Eterno, mas só o fazem para adquirir aquilo de que precisam ou que querem, sem levar em consideração a forma pela qual o Senhor, que não é só Criador, mas supridor e mantenedor de tudo e de todos, promete cuidar de nós à maneira dele.
No texto lido, Deus assegura forças ao seu povo se este se mantivesse obediente aos seus mandamentos. Promete também benefícios mais concretos, como longa vida, terras férteis, chuvas para a lavoura e fartura – coisas vitais para aquela gente. Nem tudo isso se aplica exatamente desta forma às diferentes situações que cada um de nós vive hoje, mas o carinhoso cuidado do mesmo Deus que agiu ontem e age hoje e sempre para aqueles que buscam o que ele quer transparece ali para todos, seja de que maneira for. Para quem, como a maioria hoje, vive em cidades, as terras férteis e a chuva no tempo certo podem parecer algo um tanto distante, mas é certo que alguém cuja vida segue a orientação de Deus viverá com mais paz e segurança do que sem ela, e também saberá aproveitar melhor os recursos que Deus lhe concede para viver. Haverá maravilha melhor? Que tal viver um novo ano nessas perspectivas? – EA

Ninguém melhor que o Criador sabe o que é bom para nós – vale a pena buscar sua orientação.


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!