share on:
Img_IconeBaixar_680px

21 de Maio de 2020

Leitura bíblica: Lucas 24.50-53

Este mesmo Jesus, que dentre vocês foi elevado aos céus, voltará da mesma forma como o viram subir (At 1.11c).

Uma de minhas séries preferidas é As Crônicas de Nárnia, de C.S. Lewis. O enredo (em especial nos livros) faz uma bela alusão ao relato bíblico, contando a história de Aslan, um leão que simboliza Jesus no mundo fictício de Nárnia. No segundo filme, Príncipe Caspian, as crianças que haviam estado em Nárnia no filme anterior retornam, mas descobrem que 1300 anos haviam se passado. Aslan não havia mais aparecido, e muitos narnianos não acreditavam em sua existência. Até algumas das crianças não acreditavam que voltaria. Ele até aparecera de relance para a mais jovem, Lúcia, que avisara os outros, mas eles não lhe deram crédito. Ao final do filme, Aslan reaparece, e Lúcia afirma que sabia que era ele, mas que os outros não acreditaram nela. A resposta dele é maravilhosa: “E por que isso a impediu de vir a mim?”

A leitura bíblica de hoje traz um breve relato da ascensão de Jesus. Ele veio ao mundo como um bebê, cresceu, morreu e ressuscitou por amor a nós. Pelo mesmo motivo, também subiu aos céus, pois isso permitiu que o Espírito Santo viesse sobre os cristãos, transformando-os em testemunhas dele. Antes de subir, Cristo delegou aos seus seguidores a tarefa de anunciar sua obra de perdão e libertação a todas as pessoas. Além disso, deixou a promessa de que voltaria para levar os que cressem nele para sua morada eterna junto de Deus Pai.

Cristo nos deu o privilégio de crer nele, mesmo não o vendo agora. Aliás, ele afirma que são “felizes os que não viram e creram” (Jo 20.29). Podemos ter a certeza de que um dia ele voltará para nos levar para junto de si se, arrependidos, confessamos nossa culpa a Deus e cremos nele para sermos perdoados. Assim, não ouviremos dele “e por que isso o impediu de vir a mim?”, mas: “Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que lhes foi preparado…” (Mt 25.34b). – Cléber Mateus Moraes Ribas

“A fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos” (Hb 11.1).


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!