share on:
Img_IconeBaixar_680px

27 de Junho de 2020

Leitura Bíblica: Colossenses 4.6

Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se (Tg 1.19).

Começamos a conversa falando sobre um assunto, mas terminamos discutindo a respeito de outro. Já não se tratava mais do que havia acontecido naquela tarde, mas de um acúmulo de episódios mal compreendidos. A comunicação não era clara, mas cheia de ruídos, resultantes das impressões pessoais de cada um.

De fato, o caminho entre a boca de um e o ouvido de outro pode ter muitas curvas. Antes de realmente entender o que a outra pessoa quis dizer, já alteramos a voz, mudamos o semblante e interrompemos. Automaticamente interpretamos o que ouvimos com base em nossas crenças, valores, sentimentos e observação da expressão corporal do outro. Muitas vezes, o que respondemos deriva não do que foi dito, mas da nossa perspectiva pessoal. E, se enquanto o outro fala ficamos matutando uma resposta sem de fato prestar atenção, facilmente é possível ofender, desvalorizar e prejudicar tudo o que foi construído no relacionamento. Uma palavra mal escolhida é como um toque em uma fila de peças de dominó. Não cai apenas a que foi tocada; uma leva a outra, podendo colocar em dúvida até bons momentos já vividos.

A leitura bíblica e o versículo em destaque trazem instruções valiosas para as horas em que há discordância no relacionamento. Como a ira muitas vezes brota da impulsividade e da falta de reflexão, o uso de palavras agradáveis e temperadas ajuda a manter o domínio próprio, na medida em que precisamos de tempo para conseguir formular uma resposta que atenda a esse critério. Na maioria das vezes, dispensar o controle da língua acaba acarretando também a perda da razão. O caminho de volta passa então por confessar o erro e pedir perdão, para assim reconquistar a unidade e a confiança. Que enfrentemos então a divergência, aprendendo, acima de tudo, a ouvir sempre, a falar só depois de pensar bastante e a reagir com base no amor, e não na ira. – Angel de Andrade Blumer Gonçalves Larsen da Silva

Maturidade cristã não é fugir do conflito a todo custo, mas resolvê-lo com amor e perdão.


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!