Compartilhe em:

Img_IconeBaixar_680px

 

10 de janeiro de 2019

Leitura Bíblica: Números 16.13-14

Acaso o barro pode dizer ao oleiro: “O que você está fazendo?” (Is 45.9b)

O texto de hoje faz parte do relato de uma grande rebelião contra a liderança instituída por Deus. Quando Moisés foi falar com dois dos insurgentes, eles disseram que a situação de Israel não fazia sentido algum: deixaram a fartura do Egito para morrer naquele deserto? Cadê Canaã, a terra que Deus prometera que seria deles?

Aqueles homens não tinham entendido e aceitado a punição estabelecida por Deus para a incredulidade da maioria do povo (veja Nm 14.29-35): eles realmente não veriam a Terra Prometida e morreriam naquele deserto (o que ocorreu muito antes do que podiam imaginar – Nm 16.19-35). Deus não estava se contradizendo, não mentiu ou voltou atrás: eles é que foram rebeldes e não levaram Deus a sério.
Podemos ler este texto e pensar: “Puxa, como eles eram lentos em entender o que Deus disse!” Mas quantas vezes não agimos assim também? Deus nos dá instruções e dirige nossa vida, mas daqui a pouco já questionamos seu plano: “Senhor, por que me trouxe para este lugar?”, “Por que estou com esta doença?” ou “Por que tanto sofrimento?” No fundo, como eles, queremos “para ontem” o cumprimento das promessas divinas. No caso dos israelitas, ainda havia pela frente quarenta anos no deserto e a conquista de Canaã, ou seja, não seria imediatamente nem sem esforço.

E os cristãos de hoje, o que terão de passar até chegar ao Céu? Certamente ainda há muito para aprender e várias oportunidades de servir a Deus e ajudar aos outros. A promessa será cumprida, mas é Deus quem estabelece quando, não seus filhos. Então, em vez de se rebelar contra o plano divino para sua vida, o cristão deveria agradecer a Deus e confiar que ele age para seu bem. Pode (e deve!) crescer por meio das dificuldades e ter as promessas divinas como uma esperança, não como algo que se possa cobrar de Deus. Tudo o que ele faz tem um propósito muito maior do que nossos olhos podem ver. – Vanessa Weiler Ribas

Se nossa situação atual não estava em nossos planos, com certeza ela faz parte do propósito de Deus!


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019! Conheça os diversos formatos nesse link!
Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.

Se você perdeu a devocional de ontem, confira o Presente Diário clicando aqui.