share on:
Img_IconeBaixar_680px

29 de Agosto de 2020

Leitura Bíblica: Levítico 19.17-18

Quando vocês ficarem irados, não pequem. Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha (Ef 4.26).

O ódio, esse sentimento cruel conhecido desde os primórdios da humanidade, faz-se cada vez mais presente em todos os segmentos da sociedade: política, esporte, trabalho, escola, redes sociais… Talvez seja a emoção mais violenta e destrutiva que habita no ser humano. É um veneno cujo maior prejudicado é aquele que o cultiva; o objeto do ódio às vezes nem toma conhecimento disso.

No versículo em destaque, o apóstolo Paulo parte do princípio de que o sentimento em si pode ser inevitável, mas também deixa claro que é preciso combatê-lo. A leitura bíblica dá a dica de como descobrir se uma emoção natural se tornou pecado, isto é, desobediência a Deus. Ela afirma que não se deve “guardar” ódio ou rancor nem “procurar” vingança – coisa que muitas vezes fazemos com a nossa raiva: cultivar, alimentar, permitir que nos controle. O texto também diz que não se deve manter esse sentimento “contra alguém”, isto é, tornar a questão pessoal. O mandamento de Deus é: “Ame cada um o seu próximo como a si mesmo”. Sendo o ódio o contrário de amor, odiar torna-se desobediência ao Senhor. Talvez você já tenha dito ou pensado: “Ai que ódio de fulano!” Parece brincadeira, mas não é: mesmo sem querer, alimentamos nossos sentimentos e permitimos que nos dominem. Em Mateus 5.21-22, Jesus mostra que, aos olhos de Deus, aquele que odeia o próximo é tão culpado quanto um assassino.

O exemplo de amor a seguir é Jesus, que suportou humilhações e torturas terríveis na cruz, mas não odiou ninguém; antes, intercedeu por seus carrascos. Quando ficar indignado com algo, não permita que o ódio domine sua mente, porque ele a envenenará. É preciso ter aversão ao pecado, às injustiças e a tudo o que desagrada a Deus, mas nunca às pessoas. Que Deus nos ajude a cultivar em nossa vida o mesmo amor que Jesus demonstrou, para sermos cada vez mais parecidos com ele. – Elias Torres da Silva

O cristão deve demorar para ficar irado, mas ter pressa para perdoar e se reconciliar com o próximo.


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!