share on:

Img_IconeBaixar_680px

 

09 de janeiro de 2019

Leitura Bíblica: Deuteronômio 7.6-11

Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões (Ef 2.4-5a).

No Deuteronômio, Moisés recapitula para os israelitas a história deles com Deus e a aliança (acordo) que tinham feito com o Senhor. O povo estava prestes a entrar na terra que Deus lhes prometera, e Moisés, que os guiara até ali, não os acompanharia mais. Assim, essa recapitulação é, também, o testamento de Moisés, do qual faz parte a leitura bíblica de hoje. Era essencial que todos tivessem consciência de não terem sido escolhidos por serem melhores que outros povos.

Da mesma forma, nós também somos incapazes de obter o amor de Deus por méritos pessoais. O versículo em destaque deixa bem claro que o amor de Deus veio antes de qualquer boa ação nossa – afinal, “estávamos mortos”. Qualquer escolha e separação por Deus deve-se unicamente à iniciativa, por amor, do próprio Deus. Romanos 5.8 diz a mesma coisa em outras palavras: “Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores”.

Este amor de Deus se mostra em seu cuidado constante. Todas as ações de Deus, seja repreendendo ou provendo sustento, são fruto de seu zelo e amor. Por amar o ser humano, Deus quer relacionar-se com ele. Para isso, às vezes abre portas e às vezes as fecha. Susannah Spurgeon disse que saber isso é um grande consolo: “Se tudo o que lhe acontece pode ser atribuído direta ou indiretamente à mão do seu amado Senhor, então com quanta alegria você carregará os fardos da vida, e como será perfeito o descanso no qual o coração e a mente devem habitar”. Ela aconselha a, no momento das dificuldades e aflições, dizer com ousadia: “Isso é porque o Senhor me ama”. O próprio Senhor confirma essa forma de lidar com seus filhos em Apocalipse 3.19a: “Repreendo e disciplino aqueles que eu amo”. Concentrar-se no amor de Deus em meio aos problemas é o que pode trazer alívio. – Hebert dos Santos Gonçalves

Se Deus deu até seu próprio Filho por amor, não cuidaria de nós também no restante?


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019! Conheça os diversos formatos nesse link!
Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.

Se você perdeu a devocional de ontem, confira o Presente Diário clicando aqui.