share on:
Img_IconeBaixar_680px

30 de Agosto de 2020

Leitura Bíblica: Atos 7.51-60

Enquanto apedrejavam Estevão, este orava: “Senhor Jesus, recebe o meu espírito” (At 7.59).

Deixe-me iniciar fazendo três perguntas bastante diretas e incômodas: a) Quantos anos você ainda gostaria de viver?; b) Quantos anos você acha que ainda viverá? e c) Quantos anos você tem certeza de que ainda viverá? Quando se fala sobre tempo de vida, há uma grande diferença entre o que gostaríamos, o que achamos e o que podemos garantir. Fato é que não viveremos mais trezentos anos, o que nos lembra a realidade da morte. Este provavelmente não é o assunto predileto de quem quer que seja, ainda mais se for para falar sobre a própria morte! Já que teremos de enfrentá-la de alguma forma (espero que não tão em breve), que tal pensar um pouco sobre isso?

O texto de Atos 6 relata que Estevão foi um dos escolhidos para ajudar no serviço da igreja (v.1-8): era um “homem cheio de fé e do Espírito Santo” (v.5) e “cheio da graça e do poder de Deus” (v.8). Foi acusado falsamente (v.11-14) e, mesmo se defendendo, foi arrastado para fora da cidade e apedrejado, inclusive na presença de Saulo. Enquanto era morto, orou (veja o versículo em destaque), pedindo também que o Senhor não atribuísse a culpa por seu assassinato aos que o apedrejavam. O que leva alguém a agir desta forma, mesmo castigado injustamente?

A visão que temos do Senhor da Vida determina nossa perspectiva sobre a vida e a morte. Pouco antes de morrer, Estevão contemplou “os céus abertos e o Filho do Homem em pé, à direita de Deus” (v.56). Foi por ver Aquele que a morte não pôde deter que Estevão conseguiu reagir daquela forma diante de seus assassinos e de sua cruel e violenta morte.

Como você tem se preparado para enfrentar a morte? Este assunto assusta você? Lembre-se: olhar para o Autor da Vida é a melhor perspectiva que podemos ter diante da morte, pois, como ouvi certa vez, “o que pode fazer a morte se Aquele a quem ela matou se recusa a ficar morto?” – Claiton André Kunz

Onde está, ó morte, a sua vitória? (1Co 15.55a)


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!