share on:
Img_IconeBaixar_680px

13 de Fevereiro de 2020

Leitura Bíblica: Gênesis 3.1-7, 21

Os olhos dos dois se abriram e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se (Gn 3.7).

Quando estavam no Éden, Adão e Eva desobedeceram à ordem de Deus para não comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Assim que o fizeram, perceberam que estavam nus e sentiram vergonha. Então, no esforço de remediar isso, tentaram se cobrir com folhas. A reação deles pode ser até cômica para quem lê o relato. Pois quem é que consegue esconder a sua nudez de Deus? Além disso, folhas não foram feitas para vestir o corpo humano. Então por que o escritor deste texto registrou essa ação fútil de Adão e Eva? Para revelar aos leitores como Deus vê todo esforço humano em buscar justificação para seus pecados. Toda tentativa nossa de cumprir os mandamentos divinos para que ele nos considere novamente justos, perdoando nossa desobediência e dando-nos o Céu, é inútil diante de Deus. Só a graça manifestada por Jesus na cruz do Calvário é capaz de fazer isso. O próprio Deus é o único que pode prover o que necessitamos para cobrir a vergonha do pecado. Para Adão e Eva, Deus providenciou peles de um animal inocente, que teve de morrer para isso. No nosso caso não é diferente: Deus é quem proveu o meio para nos tornar justos novamente, para que assim voltássemos a ter um relacionamento com nosso Senhor. Ele sacrificou o seu Filho, para que sua graça cobrisse nossa culpa e pecado. Só confiando nesta providência divina é que somos justificados diante de Deus. Toda tentativa de “costurar folhas”, de remendar ou compensar nossos erros com boas atitudes é vã. Está claro, segundo as Escrituras Sagradas, que a justificação e a paz com Deus só acontecem por meio da fé em Cristo (Rm 5.1) e não dependem do nosso esforço (Rm 3.28; Gl 2.16). Ainda assim, a fé não existe sem as obras (Tg 2.17-22), porque estas demonstram a legitimidade da fé. – André Luis Selent

Boas obras não compram o favor de Deus, mas demonstram que já pertencemos a ele.


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!