share on:
Img_IconeBaixar_680px

28 de Fevereiro de 2019

Leitura Bíblica: Mateus 26.14-25

Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento (Mt 22.37).

Jesus escolheu Judas Iscariotes pessoalmente para ser um de seus doze seguidores mais próximos. Permitiu que ele o acompanhasse, participasse de seu trabalho, pregasse o evangelho e até tivesse uma função de confiança no grupo (cuidava do dinheiro deles), mesmo sabendo que mais tarde este homem o trairia por trinta moedas de prata. Amou-o mesmo assim. É um clássico exemplo de como Jesus aceita o pecador (qualquer pessoa que desobedece a Deus) a despeito de seus erros. Ainda que não aprove as atitudes erradas, ele ama a todos incondicionalmente.

Judas Iscariotes andou com o Senhor Jesus, mas será que tinha realmente entendido o autêntico e genuíno evangelho da salvação? É fácil enganar a si mesmo e aos outros quando agimos da forma como as pessoas à nossa volta esperam de nós. O indivíduo pode frequentar regularmente uma igreja, exercer alguma função dentro dela e contribuir financeiramente com seus projetos mesmo sem ter um compromisso verdadeiro e de coração com Jesus. Mais que isso: pode ser ético no trabalho, fiel no casamento, generoso com os pobres, honesto com o dinheiro, mas esquecer-se de que o que realmente importa é amar a Deus (veja o verso em destaque). Ao agir, como se diz atualmente, no automático, engana os outros e principalmente a si mesmo. Contudo, é impossível enganar a Deus.

De nada adianta ir à igreja, trabalhar nela, falar sobre a Palavra de Deus se isso não for feito de coração por amor ao Senhor e para ele. Também não é suficiente ser uma “boa pessoa”. Nada disso faz de nós um “filho de Deus”. Isso só a fé em Jesus pode fazer – exatamente o que faltou a Judas. O pior é que ele teve todas as oportunidades para agradar a Deus, mas não o fez. O fim dele foi trágico, mas o seu não precisa ser: ainda há tempo de se entregar totalmente ao Senhor. – João Fernandes Garcia

Agradar a Deus requer muito mais do que ser uma “boa pessoa”: é preciso submeter-lhe coração, alma e mente.


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019. Conheça os diversos formatos nesse link!

Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.