Compartilhe em:
Img_IconeBaixar_680px

13 de Março de 2019

Leitura Bíblica: Salmo 73.1-17

Para mim, bom é estar perto de Deus (Sl 73.28a).

No salmo 73, o autor fala a respeito de uma lição que aprendeu, introduzindo o assunto com a verdade que entendeu (“Certamente Deus é bom…”) e o reconhecimento de que o problema enfrentado na verdade nasceu de sua própria inveja, de um defeito pessoal. Ao longo do salmo, fica claro que ele precisava entender qual era o foco espiritual correto para a vida.

Seus grandes questionamentos apareceram porque ele estava se concentrando em seu próximo e não em Deus. Esse é um hábito muito comum. Quer sejamos cristãos ou não, somos afeitos a analisar a vida do próximo em vez da nossa. Estamos sempre comparando conquistas, riquezas, amizades, personalidades, etc. Afinal, os defeitos dos outros ajudam a esconder os nossos próprios.

Assim, o salmista descreve o que sentia: os maus prosperam injustamente, não são castigados, desprezam a Deus… e isso o leva a lamentar a sua situação, pois julga que Deus está sendo injusto. Na realidade, porém, a crise surge justamente em virtude de errar o foco do olhar: concentrar-se nos outros diminui a imagem que se tem do Senhor. Basta mudar nosso foco para a natureza de Deus e os inúmeros presentes, pequenos e grandes, que ele nos dá em virtude do seu amor e pronto: de repente a nossa perspectiva começa a mudar. Na minha experiência pessoal com aconselhamento, vejo que todo mundo facilmente se revolta contra Deus, acusando outras pessoas de causarem seus problemas, atribuindo suas dificuldades pessoais a abandono, injustiça, traições e muitos outros males. O salmista dá um bom exemplo aqui ao reconhecer que sua crise tinha um único culpado: ele mesmo.

Em nossa vida espiritual, o foco certo é deixar que Deus olhe para dentro de nós e nos mostre o que ele está vendo. As cenas não serão bonitas, mas é assim que começa a cura de Deus em nós, levando-nos à mesma conclusão que o salmista: para mim, bom é estar perto de Deus. – Manoel de Jesus The

Ver os defeitos do próximo não leva a nada; encarar as minhas mazelas é o começo para que Deus me transforme.


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019. Conheça os diversos formatos nesse link!

Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.