share on:
Img_IconeBaixar_680px

10 de Abril de 2020

Leitura Bíblica: João 19.1-6

Se não se arrependerem, todos vocês também perecerão (Lc 13.3).

Tudo no julgamento de Jesus impressiona. Sempre que o leio impressionam-me as afirmações de Pilatos, do centurião romano e do malfeitor crucificado ao lado de Jesus. Pilatos, como cidadão romano, e agora juiz nesse processo, não encontra motivos para condenar Jesus à morte. O centurião que comanda a crucificação assiste à morte de Jesus e conclui: “Certamente este homem era justo” (Lc 23.47). Quanto ao malfeitor, não sabemos nada de sua nacionalidade, mas ele repreende seu comparsa crucificado ao lado, que zombava de Jesus, e dá-lhe este testemunho extraordinário: “Nós estamos sendo punidos com justiça, porque estamos recebendo o que os nossos atos merecem. Mas este homem não cometeu nenhum mal” (Lc 23.41).

Este ladrão, que a tradição chama de Gestas, foi o primeiro beneficiado pela morte de Jesus em nosso favor. Não só percebeu a inocência e pureza de Jesus, como reconheceu o seu próprio pecado. Gestas viu em Jesus alguém que é Rei e que tem um reino do outro lado desta vida. Daí a razão do seu pedido: “Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino”. E lá do alto da cruz Jesus lhe promete: “Hoje você estará comigo no paraíso”.

Certamente Jesus teria dito isso também a Pilatos e ao centurião. Eles viram em Jesus a inocência. Reconheceram nele o brilho da verdade e da justiça. Mas não reconheceram, como Gestas, o próprio pecado e, portanto, não pediram perdão.

Pilatos fez todas as tentativas para libertar Jesus das falsas acusações, mas acabou cedendo. Simbolicamente tentou transferir sua culpa e responsabilidade aos acusadores, lavando as mãos. É o que ainda hoje muita gente faz. Nem sempre usam água. Usam filosofias, crendices, magias, promessas e principalmente as chamadas boas obras. Todavia, não basta ver a pureza em Jesus. É preciso reconhecer o próprio pecado e confessá-lo. – Helmuth Matschulat

“Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (Jo 1.29b)


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!