share on:
Img_IconeBaixar_680px

17 de Junho de 2019

Leitura Bíblica: Lucas 16.19-31

Insensato! Esta noite a sua vida lhe será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou? (Lc 12.20).

Um mendigo largado à porta da casa de um homem rico. Um vivia no luxo, o outro, além de ser pobre, estava muito doente. Com fome, teria ficado contente em comer o que caía no chão, mas aparentemente o rico preferia desperdiçar o alimento a dá-lo ao mendigo. Jesus não fala sobre a fé do pobre, mas o fato de ele ser levado para junto de Abraão depois da morte pode indicar que Lázaro acreditava no significado de seu nome: “Deus é minha ajuda”.

O homem rico, entretanto, vivia de forma egoísta. Seu luxo e fartura eram usados apenas para si mesmo. Mas também ele morreu. E depois da morte deparou-se com uma situação que não esperava: tormentos, sede, angústia… ainda achou que um milagre ajudaria seus parentes a escolherem uma vida diferente, mas a resposta de Abraão é clara: quem não quer dar atenção à palavra de Deus também não vai acreditar em sinais milagrosos.

Um amigo meu levava um caminhão cheio de sacas de feijão para vender na cidade. Certo dia, decidi fazer-lhe companhia. Estávamos a uns 300 quilômetros de onde ele faria a entrega. Deixara os estudos porque queria ser negociante. Durante toda a viagem, conversamos sobre a vida espiritual. Ele rejeitava Deus e enfatizava que seu objetivo era ficar muito rico. Hoje é um milionário; alcançou sua prioridade, a vida material. Um rico insensato como o homem que ouviu de Deus a advertência do versículo em destaque.

Quando se trata de escolher em que confiar ou basear sua vida, é sempre recomendável levar em conta que ela não termina aqui, no momento da morte. Mas a escolha precisa ser tomada agora: depois da morte, não haverá mais chance de mudar de lado. O exemplo do rico e de Lázaro mostra que há duas opções: crer na palavra de Deus ou não. A sua eternidade depende disso. – João Fernandes Garcia

Uma vida agradável termina com a morte. O relacionamento com Deus dura toda a eternidade.


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019. Conheça os diversos formatos nesse link!

Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.