share on:
Img_IconeBaixar_680px

25 de Novembro de 2020

Leitura Bíblica: Mateus 22.23-33

[Jesus disse aos saduceus:] “Vocês não leram o que Deus lhes disse: ‘Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó’? Ele não é Deus de mortos, mas de vivos!” (Mt 22.31b-32)

Em várias culturas, reserva-se um dia por ano para lembrar dos falecidos. Mesmo que em vários países as festividades incluam comidas, bebidas e outros rituais mais alegres, este é um dia que tende a despertar tristeza. Além da saudade e das muitas lembranças dos nossos entes queridos que partiram, a data lembra que a morte é uma incógnita, que tem o elemento do “desconhecido”, o que por si só já gera medo. Já parou para pensar na grande diferença que faria – e faz – viver com a certeza de que a vida não termina com a morte física?

Os saduceus formavam um partido aristocrático judaico com grande influência política e religiosa. Na época de Jesus, dominavam o templo em Jerusalém. Acreditavam em Deus, mas ridicularizavam a ideia de vida após a morte, não aceitando o ensino da ressurreição dos mortos. Ao responder-lhes, Jesus cita o momento em que Deus se apresenta a Moisés como “o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó”, personagens que àquela altura já tinham morrido – fisicamente – há muito tempo. No entanto, com isso Deus na verdade estava afirmando que eles continuavam vivos ao seu lado!

Diante da tristeza de Marta pela morte de seu irmão Lázaro, Jesus a conforta: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?” (Jo 11.25,26). Crer em Jesus estabelece um relacionamento entre ele e nós que será eterno. Enquanto estivermos na terra, isso nos permite ter paz mesmo nas dificuldades. Ao mesmo tempo, temos o consolo de saber que o melhor ainda virá, como afirma o apóstolo Paulo: “Para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro… desejo partir e estar com Cristo, o que é muito melhor” (Fp 1.21,23b). – Genevaldo Edino de Souza Bertune

Para Paulo e para todo filho de Deus, morrer fisicamente significa viver para sempre na presença de Cristo!


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!