share on:
Img_IconeBaixar_680px

02 de Setembro de 2020

Leitura Bíblica: Deuteronômio 8.2-5

Lembrem-se de como o SENHOR, o seu Deus, os conduziu por todo o caminho no deserto, durante estes quarenta anos, para humilhá-los e pô-los à prova, a fim de conhecer suas intenções, se iriam obedecer aos seus mandamentos ou não (Dt 8.2).

Geralmente não gostamos da palavra “deserto”, pois está associada a sofrimento, escassez, lutas e dificuldades. No entanto, para os filhos de Deus ela pode carregar um elemento extremamente positivo: revelar o caráter da sua fé, a essência e a natureza do seu relacionamento com Deus. Foi exatamente do deserto que Deus lançou mão para pôr os israelitas à prova e assim demonstrar suas verdadeiras intenções, ao testar seu grau de obediência e dependência do poder e soberania divinos.

Quando estamos “num deserto”, temos a opção de prosseguir ou desistir (esta é uma grande tentação, porque tudo parece além das nossas forças); fazer a vontade de Deus ou a nossa própria (desobedecê-lo ao seguir o caminho mais fácil). Se cremos, confiamos e dependemos do Senhor, podemos contemplar seu agir em nosso favor.

O texto de hoje diz que muito embora Deus tenha deixado o povo passar fome, logo veio em seu socorro, trazendo-lhe o maná. Isso tinha um propósito maior: fazer o homem aprender que mais importante que o pão que alimenta o corpo é a Palavra de Deus, que sacia seu interior. A ausência do primeiro causa-lhe apenas a fome física, mas se alguém não vive com Deus o resultado será a sua morte espiritual. Assim, quem persistir em atravessar o “deserto” pela fé e em completa obediência e dependência de Deus, experimentará o milagre da manutenção física e espiritual (v.3 a 5). Bem disse Tiago: “Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida, que Deus prometeu aos que o amam” (Tg 1.12). – Genevaldo Edino de Souza Bertune

Os desertos da vida demonstram quem somos, no que cremos e em quem está nossa confiança.


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!