share on:
Img_IconeBaixar_680px

26 de Fevereiro de 2019

Leitura Bíblica: João 21.15-17

O vaso de barro que [o oleiro] estava formando estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com a sua vontade (Jr 18.4).

O avô estava modelando um vaso de barro, observado por seu pequeno e curioso neto. Viu que sua forma não era a ideal, desmanchou o que havia feito e começou a consertá-lo. Quando estava quase pronto, um pequeno defeito na lateral comprometeu o trabalho. Outra vez desfez o vaso para construí-lo novamente. A criança disse que ele deveria jogar aquele barro fora e começar com um novo, mas o avô respondeu que o material ideal era aquele e que, se fosse necessário, mil vezes consertaria aquele mesmo produto iniciado.

Sofremos com relacionamentos quebrados e não consertados. Em vez de refazer um vaso quebrado, parece bem mais fácil colar remendos ou até mesmo deixá-lo quebrado. Da mesma forma tem acontecido com as pessoas, que se tratam como descartáveis e substituíveis. Se um relacionamento não dá certo, a tendência dos tempos atuais indica que se deve trocar por outro e abandonar o que está desgastado, quebrado e adoecido. Quase ninguém investiga o que fez o “vaso” quebrar para então consertá-lo. Isso demanda tempo, paciência, investimento, consideração e sobretudo amor. Este é o elo perfeito, a ligação exata, o modo de operação que Deus nos ensina a colocar em prática para reatar o que se separou, para religar o que foi rompido. Ele nos faz ver que todas as pessoas são ímpares, únicas e que existe conserto e cura para os relacionamentos quebrados. O amor está muito acima das palavras: é a escolha em atitudes de sempre consertar o que se quebrou.

Jesus é um “oleiro de vidas”. Ele consertou o elo rompido com Pedro e ainda lhe deu uma missão. Preferiu reestabelecer o relacionamento com ele a trocá-lo por outro discípulo e abandoná-lo como estava. Precisamos optar entre o que é mais fácil e o que é certo. Sobre nossos relacionamentos quebrados atualmente, se existem, qual será nossa decisão? – Gabriel de Araujo Almeida

Consertar é mais difícil, mas, sempre que possível, é o certo a se fazer.


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019. Conheça os diversos formatos nesse link!

Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.