share on:
Img_IconeBaixar_680px

06 de Outubro de 2020

Leitura Bíblica: João 11.17-19, 33-36

…chorem com os que choram (Rm 12.15b).

Temos de discernir momentos e circunstâncias, p. ex. para saber nos portar diante da dor do outro. Não entender isso é o mesmo que ir em trajes de praia a uma festa que pede roupa de gala. Escrevo esse texto após um acontecimento triste com amigos queridos. A dor da perda rasgava o peito do meu amigo que, ao me ver, abraçou-me banhado em lágrimas. Deixei que se jogasse em meu ombro enquanto lhe dizia, com o coração apertado: “Estamos aqui, estamos aqui”. Não era hora de encorajá-lo a alegrar-se em Deus, mas de apoiá-lo, para que chorasse na esperança de que isso diluísse seu desespero.

Poucas vezes os evangelhos citam Jesus chorando, mas uma das vezes é diante da morte de seu amigo Lázaro. Jesus sabia que este ressuscitaria – ele mesmo o faria –, mas, a despeito disso, chorou. Não chegou, eufórico, gritando: “Marta, vá preparar nosso almoço, isso não é nada, menina”. Não. Havia um túmulo, um amigo morto e uma família destroçada. Assim, compartilhou do sofrimento. Importou-se. Disse as palavras certas e fez o que tinha de ser feito, mas também chorou junto.

Como é maravilhosa a confiança de que na presença do Senhor o choro não tem um fim em si mesmo, as lágrimas não serão ignoradas. Estejamos certos de que podemos ser o abraço de Jesus aos que enfrentam seus vales profundos. Ele mesmo nos capacita para isso. Nós bebemos do consolo que oferecemos, como está escrito em 2Co 1.3,4: “Bendito seja o… Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações”. A dor tem outros contornos na presença de um Pai amoroso que nos envolve e acolhe em nossa desolação. Por ter essa confiança, o salmista pediu ao Senhor: “…recolhe as minhas lágrimas em teu odre” (Sl 56.8b), pois o amor de Deus sempre transborda em graça em nossos dias mais escuros. – Fernanda Bispo M Oliveira

Chorar junto com quem sofre é passar adiante o abraço de Jesus.


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!