share on:
Img_IconeBaixar_680px

28 de Outubro de 2020

Leitura Bíblica: Gálatas 3.26-29

Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida! (Rm 5.10)

Quem nunca ouviu falar de Osama bin Laden? Esse terrorista saudita tornou-se conhecido pelo ataque às torres gêmeas em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Lembrar seu nome gera revolta para as pessoas solidárias às famílias das vidas destruídas no 11 de setembro de 2001, especialmente os americanos. Lembro-me de certa vez ouvir um preletor perguntar: “O que faz você ser diferente de Bin Laden?” Que pergunta descabida, pensei. Como pode comparar cidadãos de bem com um terrorista! O que poderia nos aproximar desse homem a ponto de isso ser possível? Sem chance, concluí. Todavia, o preletor surpreendeu a todos ao discursar sobre como a Bíblia trata desse assunto. Sem Jesus, todos estamos mortos em nossos pecados (nossa rebeldia contra o Senhor), vivendo distantes de Deus, carecendo de seu perdão. Assim como um terrorista que faz o que é mau, cada um de nós é inimigo de Deus antes de conhecer Cristo. Essa verdade tão impactante abre nossos olhos para a condição humana: sem Jesus, somos desprezíveis, estamos perdidos; não há nada que possamos fazer para sermos melhores. Apenas pela obra de Jesus na cruz obtemos salvação da condenação certa por nosso pecado e somos reconciliados com Deus. Isso é graça – não podemos conquistar o seu perdão; ele existe porque Cristo nos amou quando ainda éramos seus inimigos, e nós o recebemos pela fé em Jesus. Antes de compreender essa verdade e crer em Jesus, todos éramos – espiritualmente – como Bin Laden. Agora, o amigo de Cristo tem paz com Deus e pode viver a vida que ele planejou para o ser humano. Para os cristãos, não há branco ou negro, adulto ou criança, jovem ou velho, rico ou pobre: somos irmãos uns dos outros, porque fazemos parte da família de Deus e somos todos seus filhos! – Ana Maria Machado Marques

Fora do perdão de Deus, todos estão igualmente perdidos. Debaixo da sua graça, igualmente perdoados!


O Presente Diário 23 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2020. Conheça os diversos formatos nesse link!