share on:
Img_IconeBaixar_680px

12 de Agosto de 2019

Leitura Bíblica: Eclesiastes 11.1-2

Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá (Pv 11.24-25).

Nossa tendência natural é pensar que nossa abundância estará assegurada na medida em que pudermos poupar, reter; mas o ensino bíblico é diferente: devemos estar dispostos a repartir com os outros e investir nas pessoas e na expansão do Reino de Deus.

Paulo incentivou os coríntios a ajudar os cristãos em necessidade: “No presente momento, a fartura de vocês suprirá a necessidade deles, para que, por sua vez, a fartura deles supra a necessidade de vocês. Então haverá igualdade, como está escrito: Quem tinha recolhido muito não teve demais, e não faltou a quem tinha recolhido pouco” (2Co 8.14-15). Gosto de pensar no rapaz que doou seus cinco pães e dois peixinhos para que Jesus alimentasse uma multidão: ele nunca teve uma refeição tão rica e abundante! Pôde comer o quanto quis, sem nenhuma preocupação se iria acabar, e ainda contribuiu para aplacar a fome de muita gente. Até sobrou comida! (Jo 6.1-12).

Deus é maravilhoso! Ele deu a cada um de nós recursos, aptidões, dinheiro, cérebro, corpo, inteligência, futuro, vida, oportunidades. Quanto mais investirmos tudo isso em sua obra e no próximo, para a honra e glória do Senhor, tanto mais retorno teremos (não necessariamente financeiro, é claro).

A natureza ensina isso: “Aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente” (2Co 9.6). Seja um distribuidor das riquezas e recursos de Deus, não um recolhedor, um tampão, uma represa. O que se multiplica na vida não é aquilo que retemos, mas o que repartimos e damos. Nossa abundância será proporcional à nossa semeadura e generosidade. Semear é crer na fidelidade de Deus em cumprir suas promessas e no que Jesus afirmou: “Há maior felicidade em dar do que em receber” (At 20.35b). – Genevaldo Edino de Souza Bertune

A maior riqueza que podemos ter é espiritual, não material.


O Presente Diário 22 possui diversos formatos para você acompanhar o devocional todos os dias de 2019. Conheça os diversos formatos nesse link!

Você também pode baixar o aplicativo disponível para iOS e Android.