share on:

12 de Março de 2020

Diante dessa dificuldade que você está enfrentando pode estar lhe faltando uma visão mais ampla não apenas do problema, mas de você, da vida, da graça e santidade divinosa. Vamos comparar sua percepção ao problema
causado pelo glaucoma.

O glaucoma é uma doença diferente. No começo a perda é sutil, e pode não ser percebida pelo paciente. Frequentemente o paciente não nota a perda de visão até vivenciar a “visão tubular”, ou seja, apenas a visão central é percebido. O paciente começa a tropeçar, esbarrar em objetos, porque a percepção periférica diminuiu ou já está ausente. Seu angulo de visão é muito estreito. Só vê o que está bem na sua frente. Não vê o que está mais ao lado.

Já se sabe que a ansiedade, o medo, a raiva e a culpa, limitam sua visão apenas o que está bem diante de você. Perde a percepção mais ampla de si, da vida e dos obstáculos. Exitem elementos espirituais, práticos da fé como a prática de boas ações, o conhecimento da Palavra de Deus, a sobriedade, a persistência, a adoração o amor aos iguais na fé e ao amor de Deus Pai. Muitos elementos não é?

A incredulidade, como o glaucoma afeta a percepção espiritual de uma pessoa na sua comunhão com Deus Pai, pela fé de Cristo Jesus. Ou então a pessoa só enxerga e consequentemente vive somente com o que está bem diante de si e nada mais. Só vê o problemas.

A falta de visão e vivencia periférica da fé em Cristo Jesus, leva a pessoa a um tipo de cegueira pois não desenvolve outros aspectos da confiança em Deus. Então não vê, nem vive com amplitude e profundidade a realidade e acaba por esquecer da purificação dos seus antigos pecados como esclarece o apóstolo Pedro inspirado pelo Espírito de Cristo.4

Verifique se sua perspectiva de vida com Deus tem em vista apenas o céu, apenas o prazer presente. Se está assim, então você perdeu não só a visão, mas a prática da vida mais abundante e ampla que há em Cristo Jesus.

Esta mensagem responde à pergunta: O que é o glaucoma e o que tem a ver com a vida cristã?

Tarefa para Hoje: Avalie seus crescimento na fé e veja se tem cultivado essas oito imensidões da vida cristã.

4 2 Pedro 1:8,9 Nesta carta o apóstolo Pedro adverte os cristãos sobre os falsos mestres e os estimula a continuarem leais a Deus.