share on:

11 de Setembro de 2020

“Mãe, meu irmão me bateu!” Incontáveis vezes, na vida de mães no mundo inteiro, a cena começa assim. Uma criança chega correndo, acusando outra de algum crime digno de castigo severo. E toda mãe sábia reage com prudência, primeiro reunindo os fatos e depois decidindo como corrigir o problema. Às vezes, ela descobre fatos interessantes da boca da outra criança: “Bati nela, sim. Mas é porque ela agarrou o meu pescoço e estava me sufocando. Eu tive que bater nela para poder respirar.” E para provar a sua alegação, este menino mostra as marcas dos dedos da irmã no seu pescoço. E assim continua o desafio de ser juíza dos próprios filhos. A mãe sempre faz questão de investigar os fatos, ouvir os dois lados da história, e só depois toma uma atitude em relação ao culpado ou culpados.1

O sistema de justiça do nosso governo se baseia neste mesmo princípio. Qualquer um pode levantar acusação contra outro, mas o acusado tem direito de responder e se defender. É essencial ouvir os dois lados para aplicar a justiça. O ser humano, com facilidade não julga mais o fato mas sim a pessoa, segundo suas simpatias ou antipatias. Muitas pessoas baseiam suas conclusões sem ouvir os dois lados.

A narrativa cristã das sagradas escrituras baseia-se na busca pela verdade na avaliação dos fatos. Assim Jesus e seu Espírito declaram: “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça”2. É oportuno lembrar que Jesus teve um julgamento discutível3. Outros interesses manipularam fatos e ele foi levado a cruz. A história humana traz muitos exemplos assim.

Lembre-se de que Deus lhe deu um Advogado que viveu, morreu e ressuscitou pra defender você diante dÊle, para a justiça divina. Quem lhe acusa diante de Deus não deseja justiça, mas destruir você e manchar a glória de Deus Pai, esse é o diabo. Então preste atenção ás suas atitudes diante da vida através do Espirito de Cristo , ele é o árbitro divino no seu íntimo.4

Esta mensagem responde à pergunta: Qual é o princípio na fé Crista do cristão para avaliar conflitos?

Tarefa para Hoje: Orientar-se pela mera simpatia ou outros critérios afeta seu senso de justiça, então preste atenção como encara essas situações.


Notas

¹ 1 Colocação de Denis Allan em https://estudosdabiblia.net/2001210.htm

² 2 João 7:24 Este evangelho escrito entre 80-90 d.C. pelo apóstolo João no estilo é reflexivo e cheio de imagens e figuras organiza sua mensagem enfocando sete sinais que apontam para Jesus como Filho de Deus

³ 3 Mateus 26:59-65 “Ora, os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos, e todo o conselho, buscavam falso testemunho contra Jesus, para poderem dar-lhe a morte; E não o achavam; apesar de se apresentarem muitas testemunhas falsas, não o achavam. Mas, por fim chegaram duas testemunhas falsas, E disseram: Este disse: Eu posso derrubar o templo de Deus, e reedificá-lo em três dias. E, levantando-se o sumo sacerdote, disse-lhe: Não respondes coisa alguma ao que estes depõem contra ti? Jesus, porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu. Então o sumo sacerdote rasgou as suas vestes, dizendo: Blasfemou; para que precisamos ainda de testemunhas? Eis que bem ouvistes agora a sua blasfêmia.” Mateus o coletor de impostos, desprezado pelos judeus, mas discípulo de Jesus é nome do primeiro livro do Novo Testamento. Escrito por volta de 60-65 d.C. mostra que Jesus é o Messias esperado pelos judeus e que traz o Reino de Deus.

⁴ 4 Colossenses 3:15 “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos.” (Versão Almeida Revista e Atualizada-ARA) Nesta carta o apóstolo Paulo diz aos cristãos de Colossos que abandonem suas superstições e que Cristo seja o centro de sua vida. Paulo escreve esta carta durante o seu segundo e último encarceramento.