share on:

06 de Maio de 2020

Quando você compra um objeto ele é seu. Você pode fazer dele o que bem desejar. Você tem toda autoridade sobre aquele objeto. É assim que você exerce a soberania sobre aquele objeto. Assim para tomar decisões em conflitos, na disputa de algum objeto, procura-se firmar quem tem a soberania sobre o que está em questão.

Alguém pode vir e tomar de você o que lhe pertence. Isso é roubo. Outro pode usar o que é seu como se lhe pertencesse, como se ele fosse o soberano sobre aquele objeto. Isso chama-se usurpação. Assim você tem um grau de soberania sobre sua saúde, sua vida, suas oportunidades.

O que você entende quando ouve falar da soberania de Deus? Isso significa que vivemos em um espaço que pertence a Deus pois Ele o criou. Também o ser humano pertence a Deus Pai, seu Criador. Então quando você diz que “ninguém manda em você” está ferindo os direitos divinos sobre sua vida.

Assim, nessa condição o ser humano vive, normalmente em rebelião contra Deus. Ferindo a constituição divina o ser humano vive sob juízo divino. Por isso a recompensa dessa condição é a morte. A morte física é a primeira expressão de que a raça humana está sob o juízo divino. Deus, no entanto, agiu para abrir uma porta e restaurar a comunicação do ser humano com Ele. Sim porque Ele é a fonte da vida. Fora dele só há morte. Então a morte e ressurreição de Cristo Jesus tem tudo a ver com você, com sua reconciliação com Deus Pai, com a soberania divina sobre sua vida ou melhor com sua existência13.

Morte não é deixar de existir mas viver a eternidade longe da comunhão com Deus Pai. Você precisa conhecer o evangelho de Cristo Jesus não como alguma doutrina religiosa, mas como o poderoso soberano que reconcilia-se
com você14. Imagine as consequências para sua existência. Isso é maravilhoso!

Esta mensagem responde à pergunta: O que você entende por “soberania“?

Tarefa para Hoje: A soberania de Cristo sobre a sua vida e existência é uma realidade que você precisa incluir nos seus cálculos a cada dia

13 Mateus 28:18 “E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.” Mateus o coletor de impostos, desprezado pelos judeus, mas discípulo de Jesus é nome do primeiro livro do Novo Testamento. Escrito por volta de 60-65 d.C. mostra que Jesus é o Messias esperado pelos judeus e que traz o Reino de Deus. 14 1 Coríntios 15:28 “E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.“ Entre 55 a 57/ o Apóstolo Paulo dC responde a 10 questões enviadas pelos cristãos na cidade de Corinto: espírito sectário, incesto, processos, fornicação, casamento e divórcio, ingestão de alimentos oferecidos a ídolos,uso do véu, a Ceia do Senhor, dons espirituais e a ressurreição do corpo.