share on:

27 de Junho de 2019

Sua vida já experimentou alguma revolução? A expressão “revolução” na Astronomia na Geometria, na Física, tem significados diferentes. A revolução na esfera humana, social pode ser produzida através de uma rebelião. Consiste em uma mudança radical dentro de uma sociedade. Ela ocorre no contexto político, econômico, cultural e social, onde é estabelecida uma nova ordem, que é imposta pelas forças política, militares, sociais e religiosas vencedoras.

Você já passou por alguma revolução espiritual? Revolução espiritual é diferente de evolução espiritual. Revolução muda tudo, evolução é um progresso, um acréscimo de atualizações que permitem maior aplicação na vida cotidiana. Se você muda de religião pode ser uma revolução ou uma evolução espiritual. Sem dúvida a revolução espiritual traz alterações significativas no seu modo de celebrar o relacionamento com o sobrenatural.  Hábitos tradicionais, até de família sofrem alteração no modo de se expressarem e outros hábitos revelam novos significados. Você muda até seu círculo de amigos e conhecidos.

Enquanto a revolução altera a ordem os valores e aparência do que existe na vida de uma pessoa ou sociedade de modo impositivo, a conversão é a alteração na natureza da revolução. A conversão nasce da nova perspectiva, nova visão de si, da vida e de Deus. A revolução pode e acontece de fora para dentro. A conversão é diferente porque começa de dentro da pessoa para sua maneira de pensar, agir e sentir. Sem dúvida uma conversão produz uma revolução, uma mudança profunda na vida de uma pessoa. A conversão produz uma revolução pessoal com reflexos na sociabilização, na perspectiva econômica e política. Sim, cada convertido ao viver pessoalmente essa mudança viverá de modo revolucionário. Sim, ele altera a própria maneira de viver, voluntariamente e não força ou obriga outros, pela força, a qualquer revolução. Essa é a promessa divina com respeito a Cristo Jesus: “E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem-disposto”.  A boa disposição é produzida por uma conversão e não por uma mera revolução. Sua mudança espiritual foi só revolucionária ou foi uma conversão?


Esta mensagem responde á pergunta: Em que a revolução, evolução e conversão são diferentes?

Aplicação para a sua vida: Você precisa compreender a natureza das mudanças religiosas que experimenta na sua vida e prática  quando considera sua vida cristã.


1 Tessalonicenses 1:9 “pois eles mesmos relatam de que maneira vocês nos receberam e como se voltaram para Deus, deixando os ídolos a fim de servir ao Deus vivo e verdadeiro” Apóstolo Paulo escreve aos cristãos na Tessalônica por volta de  50 dC, o livro é marcado pelo agradecimento em relação ao crescimento da igreja na ausência forçada de Paulo.

Lucas 1:17 Escrito por Lucas, um médico por volta de 59—75 d.C. mostra como Jesus estava em contato com as pessoas pobres, com os necessitados e com os que são desprezados pela sociedade.