share on:

31 de Agosto de 2019

Não há como fazer as pazes entre a mídia e o evangelho de Jesus. Eles têm filosofias diferentes, propósitos diferentes, públicos diferentes, caráter e festas diferentes. Se a mídia valorizar o que o evangelho valoriza, ela perde dinheiro. Muito dinheiro. Se o evangelho valorizar o que a mídia valoriza, ele perde autoridade divina. A mídia alimenta e estimula a maldade humana. Isso vende! O evangelho alimenta e estimula a bondade que ainda resta no ser humano e a graça divina. A mídia segue a correnteza. O evangelho nada contra a correnteza. A mídia está a serviço de uma sociedade corrompida. O evangelho está a serviço de um projeto de redenção divino. A mídia aponta para a porta larga e o caminho amplo, cheio de gente, que leva à perdição. O evangelho aponta para a porta estreita e o apertado caminho, quase vazio, que leva à vida com Deus Pai12.

Você, eu, cada pessoa, vive entre a pressão da mídia e a pressão do evangelho. Você e eu vivemos, entre a multidão que caminha para a perdição e o remanescente que caminha para a salvação. Quanto mais distante do evangelho, maior é a pressão da mídia. Quanto mais distante da mídia, maior é a pressão do evangelho. Você vive um dilema: ou a mídia o afasta do evangelho ou o evangelho o afasta da mídia.

Você encontra a proclamação do Evangelho na mídia, no entanto ela está misturada com muitos outros elementos que não são da proclamação de Cristo Jesus. Assim como o diabo citou a bíblia para tentar a Cristo Jesus, assim tantas citações da bíblia na mídia tem o mesmo objetivo.

Liberte-se do peso esmagador da mídia. Aproxime-se do jugo suave do evangelho13. Saia da multidão14. Rompa com a permissividade e ponha-se sob normas. Jesus diz a todos: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me”15. Aprenda a dizer “não” a você mesmo, a você mesma e a tantos quantos que lhe pressionam a quebrar os conselhos divinos. Procure conhece-los através da revelação do Novo Testamento, na bíblia. Fale conosco e peça nosso estudo bíblico só para começar.


Esta mensagem responde á pergunta: Em que a pressão da mídia é diferente da pressão do evangelho de Cristo Jesus?

Aplicação para a sua vida: Não há como escapar da decisão entre os dois. Ou a mídia ou o evangelho de Jesus. Pense com atenção a respeito!


11 Essa mensagem é de autoria do pastor Elben L. César, diretor presidente da editora ultimato. Acesse: www.ultimato.com.br e conheça a editora.
12 Mateus 7.13, 14 Mateus o coletor de impostos, desprezado pelos judeus, mas discípulo de Jesus é nome do primeiro livro do Novo Testamento. Escrito por volta de 60-65 d.C. mostra que Jesus é o Messias esperado pelos judeus e que traz o Reino de Deus.
13 Mateus 11.28-30 Ibidem
14 Êxodo 23.2 O nome Êxodo significa “saída”. Este livro conta como Deus livrou os israelitas de uma vida de penúrias e escravidão no Egito. Deus fez um pacto com eles e lhes deu leis para ordenar e governar sua vida.
15 Lucas 9.23 : Escrito por Lucas, um médico por volta de 59—75 dC mostra como Jesus estava em contato com as pessoas pobres, com os necessitados e com os que são desprezados pela sociedade.