share on:

15 de Setembro de 2020

Eu assistia o vídeo do único brasileiro judeu que esteve no campo de extermínio nazista. Quando ele falava da gratidão pela sua vida ligou uma vitrola para tocar uma música. Entendi que a música era um prazer que ele desfrutava com o coração grato ao Deus do seu povo.

Já ouvi dizer que alguns cristãos cantam hinos sem qualquer instrumentos musicais para não contaminar a pureza do seu louvor. Alguns consideram qualquer prazer no culto a Deus como uma contaminação da natureza humana. Sim, a as a realidade do prazer na vida cristã é motivo de muitas discussões.

Então lembremos que a capacidade de sentir prazer ou dor é o que caracteriza a natureza humana.19 A capacidade de distinguir as cores, a riqueza do paladar, as sensações da pele constituem um reflexo da natureza divina Essa riqueza nos contam de um Deus que não teme o prazer, mas reconhece que o sofrimento agora faz parte da existência e natureza humana.20

O poder que separou o coração humano do seu criador tem como principio ativo a busca pelo prazer e poder, enfim ser como Deus. Esse poder subverteu a capacidade humana de confiar e encarar a dor, o sinal da humilhação da fragilidade. O pecado não está no próprio prazer mas no prazer da dominação do próximo, escapando de qualquer sofrimento.

Assim o prazer está associado ao errado, ao ilícito ao pecaminoso. Desde a Grécia Antiga o tema do prazer e da dor ocupou a filosofia de muitas vidas21. E algumas delas influenciaram muitos cristãos, mas não retrataram a perspectiva cristã descrita na narrativa bíblica. Não só o Criador observa que tudo fora criado muito bem, como a expressão de Adão diante de Eva foi de satisfação, prazer e alegria.22 O Evangelho de Jesus redime o prazer e a dor como expressões da fé. Nele é redescoberto o prazer da alegria mesmo diante da morte ou do sofrimento por amor e fé em Deus Pai. Você entendeu e vive essa perspectiva?

Esta mensagem responde à pergunta: Qual é o desafio de viver o prazer quando ele é mais identificado com o pecar?

Tarefa para Hoje: Avalie e medite n o prazer vivendo na presença e em comunhão com Deus na vida comum.


Notas

¹ 19 Gênesis 1:31”E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.” Neste primeiro livro da Bíblia é narrada a criação, a relação de Deus com o homem e da promessa de Deus a Abraão e seus descendentes.

² 20Salmos 139:13-16 “Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui feito, e entretecido nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.” O livro de Salmos é composto de cento e cinquenta cânticos, orações e poemas compostos por Davi Moisés e muitos outros profetas a mais de 200 anos a.C.

³ 21 1 Coríntios 15:32 “Se foi por meras razões humanas que lutei com feras em Éfeso, que ganhei com isso? Se os mortos não ressuscitam, “comamos e bebamos, porque amanhã morreremos”. Entre 55 a 57/ o Apóstolo Paulo d.C. responde a 10 questões enviadas pelos cristãos na cidade de Corinto: espírito sectário, incesto, processos, fornicação, casamento e divórcio, ingestão de alimentos oferecidos a ídolos, uso do véu, a Ceia do Senhor, dons espirituais e a ressurreição do corpo.

⁴ 22 Gênesis 2:22,23 “E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão. E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.” Ibidem